Escolha as suas informações

Fila para despedir de Isabel II com mais de 30 horas de espera
Mundo 14.09.2022
Reino Unido

Fila para despedir de Isabel II com mais de 30 horas de espera

Caixão de Isabel II.
Reino Unido

Fila para despedir de Isabel II com mais de 30 horas de espera

Caixão de Isabel II.
Foto: AFP
Mundo 14.09.2022
Reino Unido

Fila para despedir de Isabel II com mais de 30 horas de espera

AFP
AFP
Está em preparação uma fila de espera para quem quiser visitar o caixão da rainha. Até agora tem mais de seis quilómetros.

As homenagens à rainha Isabel II continuam. Desta vez, a urna ficará em Westminster Hall durante quatro dias, a partir desta quarta-feira à tarde, e o público vai poder visitar. Mas a fila de espera para um último adeus à rainha já tem cerca de 30 horas(mais de um dia).

Com centenas de milhares de pessoas previstas para a homenagem, o Governo estabeleceu um percurso com mais de seis quilómetros para os que quiserem prestar uma última homenagem à monarca. 

A fila vai desde Southwark Park, ao longo do rio Tamisa pela margem sul, através da ponte Lambeth e até ao Palácio de Westminster. 


O Grão-Duque Henri recorda, com emoção, a Rainha que marcou a história, tanto pela sua personalidade como pelo seu reinado.
Grão-Duque Henri: "Isabel II tinha um enorme carisma"
Em entrevista ao Luxemburger Wort, o Grão-Duque Henri recorda os encontros com a Rainha Isabel II e o Rei Carlos III bem como as suas influências políticas.

Um cortejo levará a urna numa curta viagem desde o Palácio de Buckingham pelo Pall Mall, passando pela Horse Guards Parade e Whitehall, com o Rei Carlos III a seguir o caixão a pé. 


A rainha que herdou um império e deixou uma ilhota
(...) a rainha de Inglaterra foi um enorme símbolo, para o bem e para o mal.

Os filhos do novo rei, os príncipes William e Harry, assim como outros membros da família real vão também participar no cortejo.

O caixão será colocado em Westminster Hall, na parte mais antiga do Parlamento e o espaço estará aberto ao público 24 horas por dia até às 6h30 da manhã da próxima segunda-feira, dia do funeral. 

Desafio logístico 

O porta-voz da primeira-ministra, Max Blain, quando questionado sobre os desafios logísticos e se as pessoas poderiam realisticamente fazer fila durante tanto tempo respondeu que "o objetivo é assegurar que tenham a informação necessária para tomar a decisão sobre o que é certo para elas". 

Os restos morais de Isabel II foram transportados de Edimburgo (Escócia), para Northolt, a oeste de Londres, acompanhados pela princesa Ana, filha de Isabel II, na sequência do desejo da monarca que a filha assumisse o papel principal no acompanhamento do funeral. 

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas