Escolha as suas informações

Férias. Irlanda põe exército em prontidão para apoiar aeroporto de Dublin
Mundo 28.06.2022
Viagens

Férias. Irlanda põe exército em prontidão para apoiar aeroporto de Dublin

Viagens

Férias. Irlanda põe exército em prontidão para apoiar aeroporto de Dublin

Foto: AFP
Mundo 28.06.2022
Viagens

Férias. Irlanda põe exército em prontidão para apoiar aeroporto de Dublin

Governo irlandês pondera destacar soldados para desempenharem tarefas no aeroporto em julho e agosto, numa altura em que os aeroportos da Europa enfrentam problemas de escassez de recursos humanos.

A Irlanda colocou o exército em prontidão para ajudar a aliviar os problemas de falta de pessoal no aeroporto da capital, Dublin.

O exército será disponibilizado, se for necessário, para ajudar a Autoridade do Aeroporto de Dublin durante a época alta de férias de julho e agosto, disse o ministro dos Transportes, Eamon Ryan, à rádio RTE, esta terça-feira. 


Férias. É preciso "chegar mais cedo" ao aeroporto para não perder o voo
Se já existem filas de espera nos aeroportos no pico do verão vai ser pior, por isso, leia o conselho da Associação Internacional dos Aeroportos.

A administração do aeroporto receia que um novo surto de casos covid-19 possa agravar a escassez de pessoal, levando a filas ainda mais longas para os passageiros. 

"O exército, pensamos, poderia ajudar libertando cerca de 100 elementos do próprio pessoal de segurança do aeroporto que, face a um período difícil, poderia então estar a trabalhar no centro de segurança principal", disse o ministro, acrescentando que foi "o próprio aeroporto que avançou com esta proposta". 

Dublin tem sido um dos numerosos aeroportos em toda a Europa a ser atingido por problemas de falta de recursos humanos, à medida que o número de passageiros volta a aumentar após um hiato de dois anos. 


Lufthansa cancela mais 2.200 voos por falta de pessoal
Cancelamento ocorre nos aeroportos de Frankfurt e Munique e afeta especialmente voos da Alemanha e Europa.

A autoridade aeroportuária comprometeu-se a compensar alguns passageiros que perderam o seu voo devido a longas filas de espera no mês passado. 

Os soldados poderão vir a ser destacados para assegurar o perímetro do aeroporto, entre outras tarefas, o que deixaria os funcionários do aeroporto livres para lidar diretamente com os passageiros, segundo Eamon Ryan. 


Notícias relacionadas

A easyJet vai aumentar os voos entre os aroportos de Findel e do Porto. A companhia aérea de baixo custo vai passar de três voos semanais a "entre quatro e cinco" voos semanais, segundo a lux-Airport.