Escolha as suas informações

Exército sírio recupera controlo de mais uma zona rebelde na cidade de Alepo
Mundo 03.12.2016 Do nosso arquivo online
Guerras e Conflitos

Exército sírio recupera controlo de mais uma zona rebelde na cidade de Alepo

Guerras e Conflitos

Exército sírio recupera controlo de mais uma zona rebelde na cidade de Alepo

Foto: Reuters
Mundo 03.12.2016 Do nosso arquivo online
Guerras e Conflitos

Exército sírio recupera controlo de mais uma zona rebelde na cidade de Alepo

O exército sírio e os seus aliados recuperaram esta noite mais um zona rebelde em Alepo, na sua vasta ofensiva para retomar o controlo total da segunda maior cidade da Síria.

O exército sírio e os seus aliados recuperaram esta noite mais um zona rebelde em Alepo, na sua vasta ofensiva para retomar o controlo total da segunda maior cidade da Síria, informou uma organização não-governamental.

Depois da tomada do bairro de Tariq al-Bab, o regime de Damasco já controlava cerca de 60% do território que os oposicionistas do Presidente Bashar al-Assad controlavam desde 2012, na parte leste da segunda maior cidade síria, indicou o Observatório Sírio dos Direitos do Homem (OSDH).

Na noite de sexta-feira, as forças do regime sírio já tinham recuperaram o controlo de metade dos bairros que eram controlados pelos rebeldes na cidade de Alepo, ao fim de duas semanas de uma ofensiva destruidora, segundo o OSDH.

O regime, que procura recuperar a totalidade de Alepo, lançou em 15 de novembro uma nova ofensiva de grande envergadura, com a ajuda de combatentes estrangeiros e o apoio tático do seu aliado russo, para expulsar os rebeldes dos bairros do leste da cidade, cercados há quatro meses.

Principal foco do conflito sírio, que já provocou mais de 300 mil mortes em mais de cinco anos, a cidade de Alepo está dividida desde 2012, com os rebeldes a controlarem a parte oriental e o regime a restante.

Apesar da reprovação dos ocidentais, o regime submeteu Alepo a um dilúvio de fogo, com ataques aéreos, lançamento de barris de explosivos e disparos de obuses quase em permanência, que provocaram destruições fortes e a fuga de cerca de 50 mil dos 250 mil habitantes da cidade, segundo o OSDH.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A retirada de civis e rebeldes da cidade síria de Alepo deveria ter começado durante a madrugada mas está atrasada várias horas, noticiam as agências de notícias AFP e AP e meios de comunicação social locais.
As forças do regime sírio conseguiram recuperar o controlo de todas as zonas da cidade de Alepo, que foram retiradas pelos rebeldes em duas semanas de ofensiva, informou hoje o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).
A situação na Síria continua a estar no centro das atenções dos russos e agora também de António Guterres