Escolha as suas informações

EUA. Ex-guarda de campo de concentração nazi deportado para a Alemanha
Mundo 23.02.2021

EUA. Ex-guarda de campo de concentração nazi deportado para a Alemanha

EUA. Ex-guarda de campo de concentração nazi deportado para a Alemanha

Foto: AFP
Mundo 23.02.2021

EUA. Ex-guarda de campo de concentração nazi deportado para a Alemanha

Friedrich Karl Berger escondeu o seu passado durante décadas até se encontrarem registos do seu nome numa lista das SS em navio afundado.

Friedrich Karl Berger, um antigo guarda do campo de concentração nazi de Neuengamme, viveu nos EUA durante décadas sem ser descoberto mas foi deportado para a Alemanha após perder o recurso contra a ordem de deportação em novembro do ano passado.

"Estamos empenhados em assegurar que os Estados Unidos não sirvam de abrigo seguro para os violadores dos direitos humanos e criminosos de guerra", afirmou Tae Johnson, diretor interino do Serviço de Imigração e Controlo de Fronteiras (ICE, nas siglas em inglês). "Nunca deixaremos de perseguir aqueles que perseguem outros", sublinhou. 

O homem de 95 anos conseguiu encobrir o seu passado até que os registos das SS encontrados num navio alemão afundado em 1945 comprovaram que serviu como guarda armado no campo de concentração de Neuengamme, em Hamburgo, na Alemanha. Segundo o ICE, Berger ainda recebe uma pensão da Alemanha pelo seu trabalho no país, "incluindo o seu serviço em tempo de guerra". 

Em 1945, quando as tropas aliadas britânicas e canadianas avançaram e os nazis abandonaram a cidade de Meppen, Berger ajudou a vigiar os prisioneiros durante a sua evacuação forçada para o campo principal em Neuengamme, durante uma viagem de quase duas semanas em condições desumanas, onde morreram cerca de 70 prisioneiros. 

Estima-se que mais de 80 mil homens e 13.500 mulheres foram confinados neste centro de detenção. Destes, pelo menos 42 mil reclusos, incluindo judeus, polacos e prisioneiros de guerra soviéticos, foram submetidos a trabalhos forçados até à morte.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.