Escolha as suas informações

Espanha. Greve da Ryanair cancela 10 voos e adia mais de 100
Mundo 08.08.2022
Viagens

Espanha. Greve da Ryanair cancela 10 voos e adia mais de 100

Viagens

Espanha. Greve da Ryanair cancela 10 voos e adia mais de 100

Foto: Pau BARRENA/ AFP
Mundo 08.08.2022
Viagens

Espanha. Greve da Ryanair cancela 10 voos e adia mais de 100

AFP
AFP
Esta segunda-feira marca o início de uma nova ronda de greves dos tripulantes do país, que deverá durar até janeiro de 2023.

Uma dezena de voos Ryanair de e para Espanha foram cancelados esta segunda-feira e outros 111 foram adiados, naquele que é o primeiro dia de uma nova ronda de greves dos tripulantes do país, que deverá durar até janeiro de 2023.

Oito dos voos da low cost irlandesa foram cancelados até às 13h (11h GMT) e deveriam partir ou aterrar no aeroporto de Barcelona, de acordo com o Unión Sindical  Obrera (USO), que organizou a greve com o sindicato independente do pessoal de cabine (SITCPLA).


Ryanair. Tripulantes de cabine da Ryanair iniciam nova greve em Espanha
As greves visam "obrigar a Ryanair a cumprir a lei espanhola", dizem os sindicatos, segundo os quais estão em causa direitos laborais, como atualizações salariais, férias e períodos de descanso.

"Infelizmente, existe o serviço mínimo (obrigatório) de 80% decretado pelo Ministério dos Transportes", criticou Pau Ibarzábal, porta-voz do sindicato USO, que acredita que esta medida é "abusiva" e "enfraquece [o] direito à greve" do pessoal.

A empresa irlandesa, que oferece mais de 650 rotas para Espanha, acredita que as paragens de trabalho tiveram um "efeito mínimo", de acordo com uma declaração emitida esta segunda-feira.

Impasse na origem de nova ronda de greves

Os funcionários da Ryanair Espanha lançaram a greve a 24 de junho e prolongaram-na até 28 de julho para exigir melhores condições de trabalho e a assinatura de um acordo coletivo.

Os sindicatos, que consideram que o conflito chegou a um impasse, organizaram uma terceira e muito mais extensa ronda de greves, que começou na segunda-feira e irá continuar até 7 de janeiro de 2023, quatro dias por semana (de segunda a quinta-feira).


EasyJet cancela greve após acordo com tripulantes
A greve prevista para este fim de semana fica, assim, sem efeito.

A Ryanair é a única companhia aérea internacional em Espanha sem um acordo coletivo, segundo os sindicatos, e recentemente chegou a um acordo com o sindicato CCOO (Comissões de Trabalhadores), que está em minoria entre as tripulações de voo.

Mas o acordo foi rejeitado pelo USO e pelo SITCPLA, que o consideram insuficiente e também exigem a reintegração de 11 funcionários grevistas que foram despedidos no mês passado.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas