Escolha as suas informações

Embaixada dos EUA em Bagdade evacuada
Mundo 31.12.2019 Do nosso arquivo online

Embaixada dos EUA em Bagdade evacuada

Embaixada dos EUA em Bagdade evacuada

Foto:AFP
Mundo 31.12.2019 Do nosso arquivo online

Embaixada dos EUA em Bagdade evacuada

Milhares de pessoas manifestam-se em frente à Embaixada dos EUA para condenar o bombardeio levado a cabo por Washington que provocou 25 mortos no domingo

Gritando "morte à América", milhares de manifestantes  atacaram o complexo da Embaixada dos EUA em Bagdade, esta terça-feira, condenando o bombardeamento de Washington contra uma facção pró-iraquiana, que acusam de atacar repetidamente os interesses dos EUA no Iraque. Os ataques aéreos deixaram pelo menos 25 soldados iraquianos mortos e 51 feridos na noite de domingo e provocaram uma onda de indignação no país árabe. 

Os manifestantes não entraram nos edifícios principais da Embaixada, mas atravessaram temporariamente os pontos de controlo que normalmente restringem o acesso à zona verde de alta segurança, onde se encontra a delegação diplomática. Os manifestantes atiraram pedras e objetos e ameaçam acampar, por tempo indefinido, em volta do  perímetro do complexo. Os manifestantes queimaram bandeiras dos EUA e arrancaram câmaras de segurança. O embaixador e parte do pessoal diplomático foram evacuados da embaixada, disseram à Reuters dois funcionários do Ministério das Relações Exteriores iraquiano. Dentro do edifício, de acordo com uma fonte oficial, ainda há membros do pessoal de segurança.