Escolha as suas informações

Duas cartas explodem em empresas dos Países Baixos sem fazer vítimas
Mundo 12.02.2020

Duas cartas explodem em empresas dos Países Baixos sem fazer vítimas

Duas cartas explodem em empresas dos Países Baixos sem fazer vítimas

Foto: AFP
Mundo 12.02.2020

Duas cartas explodem em empresas dos Países Baixos sem fazer vítimas

Lusa
Lusa
As cartas foram enviadas para o banco ABN AMRO, em Amesterdão, e para as instalações da empresa japonesa de serviços informáticos Ricoh, em Kerkade.

Duas cartas armadilhadas explodiram hoje nas instalações de duas empresas dos Países Baixos sem causar vítimas, anunciou a polícia, explicando que ambas visavam extorquir dinheiro virtual.

As cartas foram enviadas para o banco ABN AMRO, em Amesterdão, e para as instalações da empresa japonesa de serviços informáticos Ricoh, em Kerkade (sul).

O remetente exigia uma quantia em ‘bitcoins’, a mais famosa moeda virtual, e ameaçava enviar outras cartas armadilhadas caso o pagamento não fosse feito, informou a agência de notícias holandesa ANP.

“Um funcionário (do ABN AMRO) quis abrir a carta, mas ouviu um apito e lançou-a para longe, tendo então o envelope registado uma leve detonação”, afirmou a polícia em comunicado.

“Felizmente, não houve feridos, mas as pessoas envolvidas estão obviamente muito chocadas”, referiu a Ricoh, também em comunicado.

A polícia holandesa já iniciou uma investigação sobre uma série de cartas contendo explosivos, enviadas em dezembro e em janeiro para empresas de três cidades dos Países Baixos.

A investigação visa determinar se existe uma ligação entre essas cartas e as que explodiram hoje.