Escolha as suas informações

Desde 2006 que a Alemanha é abalada por atropelamentos deliberados
Mundo 2 min. 01.12.2020

Desde 2006 que a Alemanha é abalada por atropelamentos deliberados

Desde 2006 que a Alemanha é abalada por atropelamentos deliberados

AFP
Mundo 2 min. 01.12.2020

Desde 2006 que a Alemanha é abalada por atropelamentos deliberados

Ainda antes da pandemia, um cortejo de carnaval foi abruptamente interrompido, quando um homem atirou o carro para cima da multidão em Rosenmontag, ferindo 61 pessoas, entre elas 22 crianças. Desde 2006 que a Alemanha contabiliza dezenas de mortos e feridos. O primeiro ataque deste género aconteceu em Berlim, em 2006.

Antes do episódio que deixou pelo menos três mortos e dezenas de feridos, a Alemanha viveu cinco atropelamentos propositados nos últimos 14 anos, um deles também no distrito de Trier. 

Num rasto com dezenas de vítimas recordamos cada um dos casos. 

Fevereiro de 2020

Recentemente, em Rosenmontag, um alemão de 29 anos dirige deliberadamente o seu carro contra a multidão que assistia e participava no cortejo de carnaval da cidade. Ao todo, 61 pessoas ficaram feridas, incluindo 22 crianças, na cidade do norte de Hesse. O condutor foi detido e está acusado de tentativa de homicídio e "ferimentos corporais perigosos". Ainda que se tenha fala num eventual atentado terrorista com motivações políticas ou religiosas, os investigadores acabaram por descartar estas hipóteses. 

Janeiro de 2019 

Nunca mais a passagem de ano foi a mesma em Bottrop, depois de um automobilista deixar quatro feridos, todos emigrantes, na zona de Ruhr. Na mesma noite, duas tentativas semelhantes em Bottrop e Essen falham. O condutor de 50 anos acabou internado numa clínica psiquiátrica, em regime fechado. 

Abril de 2018

Ao contrário do ataque que surpreendeu Trier na tarde desta terça-feira, o outro atropelamento intencional que acabou em tragédia no mesmo distrito foi longe do centro da cidade da Porta Negri. Antes de disparar sobre si próprio, um homem decidiu atirar a caravana contra um grupo de pessoas que estava em frente a um restantaurante popular em Münster. Cinco pessoas morrem, mais de 20 ficam feridas. A investigação acabou por assumir que o perpetrador estava psicologicamente afetado. 

Fevereiro de 2017

Internado permanentemente numa ala psiquiátrica, um homem invadiu o passeio propositadamente sobre um grupo de pessoas e acabou por matar um homem de 73 anos. O incidente aconteceu na cidade velha de Heidelberg. 

Julho de 2006

A primeira vez que a Alemanha foi assolada por um episódio semelhante foi há 14 anos, durante o Mundial de Futebol, quando um homem de 33 anos de idade conduziu deliberadamente o seu pequeno automóvel em direção à uma multidão de pessoas que se concentravam no Portão de Brandenburgo, numa das zonas mais turísticas da capital. Cerca de 20 pessoas ficaram feridas. O condutor também foi levado para uma ala psiquiátrica para receber tratamento. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.