Escolha as suas informações

Covid-19. Perda total de olfato é um dos sintomas de infeção
Mundo 21.03.2020

Covid-19. Perda total de olfato é um dos sintomas de infeção

Covid-19. Perda total de olfato é um dos sintomas de infeção

Mundo 21.03.2020

Covid-19. Perda total de olfato é um dos sintomas de infeção

Lusa
Lusa
A ausência de olfato foi descrita por vários doentes, em França, alertam médicos franceses. Este indício surgiu isolado ou juntamente com outros já conhecidos.

Médicos franceses apontam a perda total de olfato como um dos sintomas das infeções causadas pelo novo coronavírus na origem da pandemia covid-19.

Os sintomas que frequentemente aparecem associados ao coronavírus SARS-CoV-2 são febre, tosse e dificuldades respiratórias.

Contudo, na sexta-feira, a rede de otorrinolaringologistas franceses alertou para o aumento de casos de anosmia (perda total do olfato) entre doentes com covid-19.

"Ligação evidente"

A ausência de olfato foi descrita por vários doentes, em França, como tendo surgido de forma isolada ou ligada aos sintomas habituais da covid-19, doença que pode provocar infeções respiratórias como pneumonia.


Calor não elimina Covid-19 mas reduz transmissão, diz estudo
Estudo analisou a relação entre as condições climáticas e a expansão do coronavírus em 100 cidades chinesas afetadas pelo coronavírus.

Segundo o presidente do Conselho Nacional Profissional de Otorrinolaringologia de França, Jean-Michel Klein, "há uma ligação evidente" entre a perda de olfato e o SARS-CoV-2.

Jean-Michael Klein sublinhou que "nem todos os casos positivos" de covid-19 apresentam anosmia, mas "todos os anosmáticos isolados, sem causa local ou inflamação, são casos positivos" de covid-19.

Regra geral, a perda total de olfato está associada a uma lesão no nervo olfativo.

Afeta os mais jovens

Na sexta-feira, num balanço diário da situação epidemiológica, o diretor-geral da Saúde francês, Jérôme Salomon, ressalvou que se trata de um sintoma "bastante raro" e "geralmente" observado nos mais jovens, que têm as formas "menos severas" da doença covid-19.

Jérôme Salomon aconselhou que, em caso de perda total de olfato, as pessoas contactem o seu médico e evitem automedicarem-se.


Organização Mundial da Alergia apela aos doentes para fazer a medicação
Organismo lembra que asmáticos e alérgicos são pessoas de risco para estas infeções, mas que estando controlados têm evolução positiva. Alergologistas alertam também para a não confusão de sintomas que possam ser parecidos.

Por precaução, as pessoas com anosmia devem estar confinadas em casa e usar máscara, recomendou o presidente do Conselho Nacional Profissional de Otorrinolaringologia francês, Jean-Michael Klein.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 271 mil pessoas em todo o mundo, das quais pelo menos 11.401 morreram.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Coronavírus. Pouco se sabe sobre a “ameaça internacional”
Com o eventual encerramento das fronteiras na ordem do dia, o Luxemburgo não adopta nenhuma medida para controlar a propagação do vírus para evitar “alarmismos”. Num quadro de incertezas, a Organização Mundial de Saúde mantém que “o que é verdade hoje pode ser mentira amanhã” e recomenda hábitos de higiéne padrão.