Escolha as suas informações

Covid-19. Pandemia já provocou quase 400 mil mortos no mundo inteiro
Mundo 2 min. 07.06.2020 Do nosso arquivo online

Covid-19. Pandemia já provocou quase 400 mil mortos no mundo inteiro

Covid-19. Pandemia já provocou quase 400 mil mortos no mundo inteiro

Foto: Uwe Anspach/dpa
Mundo 2 min. 07.06.2020 Do nosso arquivo online

Covid-19. Pandemia já provocou quase 400 mil mortos no mundo inteiro

Lusa
Lusa
Os Estados Unidos são o país mais afetado, tanto em número de mortos (109.802), como em infetados (1.920.061).

 A pandemia do novo coronavírus já causou 399.907 mortos no mundo inteiro desde o seu aparecimento em dezembro na China, segundo um balanço da agência AFP feito a partir de fontes oficiais.

Até às 12:00 de hoje (hora do Luxemburgo), mais de 6.917.100 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados em 196 países e territórios desde o início da pandemia, entre os quais pelo menos 3.015.900 são considerados como curados.

Contudo, a AFP avisa que o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do total real de infeções, pois alguns países estão a testar apenas casos graves que levem a internamento hospitalar, outros usam o teste como uma prioridade para o rastreamento e muitos Estados pobres têm capacidade limitada de rastreamento.

Os Estados Unidos, que registaram em fevereiro a primeira morte ligada ao coronavírus, são o país mais afetado, tanto em número de mortos (109.802), como em infetados (1.920.061). Destes, 500.849 estão reabilitados.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Reino Unido com 40.465 mortos para 284.868 casos positivos, o Brasil com 35.026 mortos (645.771 infetados), a Itália (33.846 mortos e 234.801 casos positivos) e a França, com 29.111 (190.052 casos positivos).

A China (excluindo os territórios de Macau e Hong Kong), onde a epidemia começou no final de dezembro, contabiliza oficialmente 83.036 infetados (seis novos entre sábado e domingo), incluindo 4.634 mortes (nenhum nas últimas 24 horas) e 78.329 recuperações.

A Europa totaliza, até às 112:00 de hoje (hora do Luxemburgo), 183.338 mortes para 2.268.621 de casos positivos, o Canadá 117.634 mortes (2.015.118 casos), a América Latina e Caraíbas 64.100 mortes (1.291.453 casos), a Ásia 19.244 mortes (679.662 casos), o Médio Oriente 10.412 mortes (469.545 casos), a África 5.048 mortes (184.068 casos) e a Oceania 131 mortes (8.641 casos).

Este balanço foi realizado a partir de dados recolhidos pela France-Presse junto das autoridades nacionais competentes e das informações recolhidas junto da Organização Mundial da Saúde.


Luxemburgo há quase duas semanas sem mortes associadas à covid-19
Nas últimas 24 horas registaram-se "apenas" três novos casos de infeção pelo novo coronavírus. E mais duas pessoas tiveram alta hospitalar.

No Luxemburgo não se registam vítimas mortais  associadas à covid-19 há quase duas semanas. O novo balanço do Ministério da Saúde, sobre o surto do novo coronavírus no Luxemburgo indica que o país regista 110 óbitos ligados à doença, número que não sofre alterações desde o dia 24 de maio.

Portugal regista hoje 1.479 mortes relacionadas com a covid-19, mais cinco do que no sábado, e 34.693 infetados, mais 342, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas