Escolha as suas informações

Covid-19. Idoso com Alzheimer toca harmónica e pensa que os aplausos são para si
Mundo 24.03.2020

Covid-19. Idoso com Alzheimer toca harmónica e pensa que os aplausos são para si

Covid-19. Idoso com Alzheimer toca harmónica e pensa que os aplausos são para si

Mundo 24.03.2020

Covid-19. Idoso com Alzheimer toca harmónica e pensa que os aplausos são para si

Com vídeo. Uma história comovedora de amizade. Um idoso que vive na Galiza toca todas as noites a sua harmónica, pensa que está a dar um recital, a pessoa que toma conta dele diz-lhe que são para ele os aplausos diários da população aos trabalhadores da saúde.

A história chega da Galiza onde Hermann Schreiber, um octogenário de origem alemã que sofre alzheimer e mora em Vigo, vai à sua varanda todas as noites para tocar a harmónica, convencido que está a dar um recital aos seus vizinhos quando milhares de pessoas aplaudem os trabalhadores da saúde quem combatem o novo coronavírus.

A cuidadora que toma conta de Hermann e da esposa, Teresa Domínguez, que também sofre de alzheimer, Tamara Sayar, fê-lo acreditar os aplausos são para ele e todas as noites dá um concerto durante a quarentena que foi estabelecida como medida preventiva contra o surto de coronavírus em Espanha.

"Não sei se criei um monstro porque agora Hermann ensaia o dia todo", afirmou Saya ao La Vanguardia. A mulher grava todos os espetáculos.

A esposa de Hermann, Teresa Domínguez, galega, deixou de conseguir falar alemão e Hermann não consegue falar espanhol. O que não esquece é de como se toca o instrumento que nunca larga. Aprendeu a técnica quando tinha apenas cinco anos enquanto observa a mãe que produzia manteiga na Alemanha.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.