Escolha as suas informações

Covid-19. França regista 10.569 novas infeções nas últimas 24 horas
Mundo 20.09.2020

Covid-19. França regista 10.569 novas infeções nas últimas 24 horas

Covid-19. França regista 10.569 novas infeções nas últimas 24 horas

Foto: AFP
Mundo 20.09.2020

Covid-19. França regista 10.569 novas infeções nas últimas 24 horas

Lusa
Lusa
As autoridades de saúde anunciaram que 12 pessoas morreram nas últimas 24 horas, número que eleva para 31.585 o número de mortes desde o início da pandemia de covid-19.

França contabilizou 10.569 novas infeções pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, um número inferior aos registados nos dias anteriores, mas a redução poderá estar a ser influenciada pelo encerramento de vários laboratórios ao fim de semana.

De acordo com o boletim epidemiológico diário divulgado pela Agência Nacional de Saúde francesa, citado pela agência espanhola Efe, 12 pessoas morreram no último dia, número que eleva para 31.585 o número de mortes desde o início da pandemia de covid-19.

O número de novos casos é inferior em relação a sábado (13.498), mas o número poderá estar aquém da realidade, uma vez que vários laboratórios que fazem testes estão encerrados.

O número total de infetados desde o início da pandemia situa-se agora nos 453.763.

Segundo as autoridades sanitárias francesas há 40 novos focos de contágio no país, elevando o total para 1.045.


Covid-19. Quase 958 mil mortos e 30,8 milhões de infetados em todo o mundo
Pelo menos 20.8 milhões de pessoas recuperaram da doença.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 957.948 mortos e mais de 30,8 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.912 pessoas dos 68.577 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas