Escolha as suas informações

França corre um "grande risco" se uma nova vaga acontecer em agosto
Mundo 25.07.2021
Covid-19

França corre um "grande risco" se uma nova vaga acontecer em agosto

Covid-19

França corre um "grande risco" se uma nova vaga acontecer em agosto

Foto: dpa
Mundo 25.07.2021
Covid-19

França corre um "grande risco" se uma nova vaga acontecer em agosto

Redação
Redação
"O maior risco seria uma chegada antecipada de uma nova vaga, em Agosto, durante um período de escassez de pessoal médico", afirma um responsável regional de saúde de França.

A quarta vaga de infecções Covid-19 apresentará um "grande risco" para os hospitais se chegar em agosto, receia Aurélien Rousseau, director da agência regional de saúde da Ilha de França (ARS), numa entrevista ao "Journal du dimanche". 

"Após três vagas, já não há dúvidas: sim, haverá um impacto nos hospitais", diz Rousseau, observando que "as projecções dos modelos da epidemia são mais incertas do que no verão passado", porque não sabemos "que travão será colocado com a cobertura da vacinação" face à variante Delta. Este responsável diz que "o maior risco seria uma chegada antecipada de uma nova vaga, em Agosto, durante um período de escassez de pessoal médico. Se isso ocorrer em setembro, mais pessoal terá regressado ao trabalho". 


França terá 50 mil infeções diárias no início de agosto, assegura especialista
A França terá 50 mil infeções diárias pelo coronavírus responsável pela pandemia de covid-19 no início de agosto, contra os 22 mil registados na quinta-feira, devido à variante Delta, advertiu hoje o Conselho Científico que assessora o Governo francês.

Para mitigar esta onda e permitir aos hospitais resistir, "temos uma arma maciça: a vacinação", assegura. 

Na região de Ile-de-France, "são necessários em média seis dias para conseguir uma marcação" em comparação com "12 logo após o discurso do Presidente, quando todos se apressaram a marcar a vacinação", sublinha, acrescentando que "esta semana, temos o suficiente para efetuar 800.000 vacinas o que é quase o nosso recorde e uma proeza em pleno verão".

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas