Escolha as suas informações

Covid-19. Cabo Verde conta três casos confirmados e 150 pessoas em observação
Mundo 24.03.2020

Covid-19. Cabo Verde conta três casos confirmados e 150 pessoas em observação

Covid-19. Cabo Verde conta três casos confirmados e 150 pessoas em observação

DR
Mundo 24.03.2020

Covid-19. Cabo Verde conta três casos confirmados e 150 pessoas em observação

Neste momento, toda a Ilha da Boa Vista encontra-se sob quarentena.

Esta segunda-feira os dados relativos à propagação da Covid-19 em Cabo-Verde foram atualizados por Artur Correia, Director Nacional de Saúde, que disse em conferência de imprensa que o arquipélago continua com três casos de coronavírus confirmados, todos eles importados por turistas.  

Tratam-se de dois cidadãos ingleses e de uma holandesa, que se encontra em "estado preocupante" e cujo marido também realizou teste que ainda espera resultado. Esta cidadã viajava em período de pós operatório, pelo que a sua situação clínica era já frágil. 

A ilha da Boa Vista recebeu reforço de pessoal médico, que voou da Cidade da Praia, uma vez que tem sido exigido um "intenso seguimento sobretudo na identificação dos funcionários dos hotéis" que estão a ser acompanhados. A nível nacional existem cerca de "150 pessoas em seguimento",  entre elas 80 são nacionais e estrangeiros provenientes da Europa, 20 pessoas do Senegal e 50 que saíram da Boa Vista antes e depois do governo anunciar o estado de quarentena da ilha.

"É possível que venham a surgir mais casos suspeitos, principalmente oriundos dos hotéis, temos de estar preparados para essa eventualidade", disse o Diretor Nacional de Saúde que recordou que os cabo-verdianos que começam a chegar ao arquipélago em voos de repatriamento terão de cumprir quarentena obrigatória.

Artur Correia agradeceu o contributo de cidadania responsável demonstrado desde que houve as primeiras indicações para a prevenção e combate ao Covid-19.

A Associação das Agências de Viagens e Turismo de Cabo Verde (AAVT) sugeriu, esta segunda-feira, a antecipação das férias aos funcionários das empresas associadas, para ajudar a mitigar os efeitos da crise provocada pelo novo coronavírus. 

Em comunicado, a AAVT escreveu que esta decisão foi tomada após uma reunião na quinta-feira como os seus associados para discutir o atual cenário em relação à pandemia do novo coronavírus e à sua eminente entrada no país. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas