Escolha as suas informações

Covid-19. Brigitte Macron esteve infetada em segredo no Natal
Mundo 09.01.2021 Do nosso arquivo online

Covid-19. Brigitte Macron esteve infetada em segredo no Natal

Covid-19. Brigitte Macron esteve infetada em segredo no Natal

AFP
Mundo 09.01.2021 Do nosso arquivo online

Covid-19. Brigitte Macron esteve infetada em segredo no Natal

AFP
AFP
A primeira-dama francesa testou positivo ao vírus da covid-19 nas férias do casal presidencial em Brégançon, anunciou hoje o seu gabinete.

Brigitte Macron, a esposa do Presidente da República, testou positivo para Covid-19 a 24 de Dezembro, sem mostrar quaisquer sintomas graves. Seis dias mais tarde a primeira-dama francesa repetiu o teste que já deu negativo, anunicou hoje o seu gabinete, confirmando as notícias da imprensa francesa. 

Com 67 anos, a mulher de Emmanuel Macron descobriu que estava infetada pelo vírus da Covid-19 nas férias de natal do casal em Brégançon, no departamento de Var, uma semana depois do presidente francês.

AFP

O gabinete de Brigitte Macron garante que a primeira-dama está totalmente recuperada, esclarecendo à AFP que não divulgou esta informação por não ter qualquer impacto na sua agenda pública. 


Macron dirige-se ao país pelo Twitter através de um vídeo. "Estou a sair-me bem"
O Presidente francês Emmanuel Macron reconheceu na sexta-feira ter de "abrandar" devido à covid-19, mas insistiu que está tudo a correr bem, num momento em que o número de mortes por coronavírus no país atingiu os 60 mil.

Após o primeiro teste positivo e sofrendo apenas de sintomas ligeiros, a primeira-dama voltou a realizar dois testes, um a 30 de dezembro e outro no dia seguinte. Como acusaram negativos pode regressar a Paris e retomar as suas atividades a 4 de Janeiro. 

Macron foi o primeiro a ser infetado

Já Emmanuel Macron descobriu que estava infetado pelo vírus da covid-19 após a realização de um teste de rastreio a 17 de Dezembro. O presidente entrou em isolamento, passando uma semana sozinho na residência oficial de La Lanterne, enquanto a sua esposa permaneceu no Palácio do Eliseu. 

O Chefe de Estado, conforme foi noticiado pelo Eliseu, tinha tosse, febre e dores. O próprio acabou por informar os franceses do seu estado de saúde através de um vídeo.  


Xavier Bettel testou negativo à covid-19
O primeiro-ministro, Xavier Bettel, testou negativo à covid-19, sendo que já não se encontra em auto-quarentena. Uma informação divulgada, esta sexta-feira, pelo Ministério de Estado, em comunicado.

A notícia da sua doença conduziu ao isolamento uma série de figuras políticas, como Xavier Bettel e António Costa que tinham estado em contacto com Macron, bem como o Primeiro-Ministro Jean Castex e o Presidente da Assembleia Nacional Richard Ferrand. Os primeiros-ministros luxemburguês e português realizaram os testes que se revelaram negativos para a covid-19.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

São cinco relatos de portugueses de várias idades. Da doente que se sentia bem, mas se não fosse ao hospital tinha morrido, ou das duas famílias que foram infetadas e todos tiveram sintomas diferentes. “É uma doença muito estranha”.
Esta será uma das grandes dúvidas dos pais, sobretudo dos mais pequenos, nos próximos meses, por causa dos sintomas semelhantes. Duas pediatras especializadas, do Kannerklinik, Luxemburgo, e do Hospital de Santa Maria, Portugal, dão a resposta e os conselhos mais importantes.