Escolha as suas informações

Covid-19. Brasil regista primeira morte
Mundo 17.03.2020

Covid-19. Brasil regista primeira morte

Covid-19. Brasil regista primeira morte

Foto: AFP
Mundo 17.03.2020

Covid-19. Brasil regista primeira morte

Lusa
Lusa
Brasil registou hoje a primeira morte causada pelo novo coronavírus, divulgou a secretaria de Saúde do estado de São Paulo.

A vítima não foi identificada e as circunstâncias da morte deverão ser detalhadas numa conferência de imprensa com os médicos responsáveis pelas medidas para prevenir a disseminação da doença Covid-19 no estado.

O Ministério da Saúde do Brasil registou oficialmente 243 casos de coronavírus na segunda-feira, mas levantamentos dos 'medias' locais junto as Secretarias de Saúde dos estados indicam que há pelo menos 301 casos confirmados da doença.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou mais de 180 mil pessoas, das quais mais de 7.000 morreram.

Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 145 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Depois da China, que regista a maioria dos casos, a Europa tornou-se o epicentro da pandemia, com mais 67 mil infetados e pelo menos 2.684 mortos.

A Itália com 2.158 mortos registados até segunda-feira (em 27.980 casos), a Espanha com 491 mortos (11.191 casos) e a França com 148 mortos (6.663 casos) são os países mais afetados na Europa.

Face ao avanço da pandemia, vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de casos confirmados de infeção para 448, mais 117 do que na segunda-feira, dia em que se registou a primeira morte no país.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Itália ultrapassa China no número de mortos por Covid-19
As autoridades italianas confirmaram que o país registou 427 mortes nas últimas 24 horas, totalizando, até à data, 3.405 vítimas mortais, mais do que as 3.245 contabilizadas na China, onde o surto do novo coronavírus começou em dezembro.