Escolha as suas informações

Covid-19: Alemanha contraria UE e começa vacinação um dia antes
Mundo 2 min. 26.12.2020

Covid-19: Alemanha contraria UE e começa vacinação um dia antes

Covid-19: Alemanha contraria UE e começa vacinação um dia antes

AFP
Mundo 2 min. 26.12.2020

Covid-19: Alemanha contraria UE e começa vacinação um dia antes

Lusa
Lusa
Também a Hungria e a Eslováquia contrariaram os planos da União Europeia (UE) de uma implementação coordenada, que arranca domingo.

A Alemanha começou hoje a administrar as primeiras vacinas contra a covid-19, poucas horas após receber os primeiros carregamentos, contrariando os planos da União Europeia (UE) de uma implementação coordenada, que arranca no domingo.

Depois de a Hungria ter começado hoje a vacinação contra a covid-19, a agência Associated Press (AP) deu conta de que também na Alemanha e na Eslováquia (foto de abertura) começaram já a ser administradas vacinas, um dia antes da data marcada pela UE para os 27 Estados-membros.

A primeira pessoa a ser imunizada com a vacina da Pfizer-BioNTech foi Edith Kwoizalla, de 101 anos, informou a agência de notícias alemã DPA.


Edith tem 101 anos e foi a primeira a receber a vacina anti-covid na Alemanha
Os residentes e os funcionários de um lar de idosos, em Harz, já foram vacinados, na Alemanha, esta tarde. Domingo inicia-se a campanha de vacinação no país.

Vacinação na Hungria e Eslováquia 

Na Hungria, médicos e profissionais de saúde começaram hoje a ser vacinados.

Segundo a agência Associated Press (AP), não se conhecem os motivos que levaram a Hungria a iniciar a vacinação um dia antes do previsto para todos os Estados-membros da UE, que receberam as primeiras remessas de vacinas hoje e na sexta-feira.

A Eslováquia também começou esta noite a administrar as suas primeiras doses da vacina anti-covid.

De acordo com a agência France-Presse (AFP), o especialista em doenças infecciosas Vladimír Krčméry foi o primeiro eslovaco a ser vacinado, num hospital de Nitra, uma cidade histórica no oeste do país.  

Num vídeo divulgado aquando do lançamento da vacina, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, considerou que este é "um momento comovente de unidade".

“Hoje, começamos a virar a página de um ano difícil. A vacina contra a covid-19 foi distribuída em todos os países da UE. A vacinação começará amanhã [domingo] em toda a UE ", disse a responsável.


Covid-19. Quando posso ser vacinado? Portugal lança simulador que dá resposta
O Ministério da Saúde lançou hoje um simulador que indica quando uma pessoa em Portugal pode receber a vacina anti-covid. Esta é uma das novidades do portal de vacinação.

Vacinas já começaram a chegar à UE

As vacinas desenvolvidas pela BioNTech e pela Pfizer começaram a chegar aos países da UE na sexta-feira, em camiões que garantem a manutenção de uma temperatura extremamente baixa, provenientes de um centro de produção na Bélgica.

O lançamento da vacina resulta da coordenação de todos os 27 Estados-membros da UE, contribuindo, também, para a projeção de uma imagem de unidade, após negociações difíceis em torno de um acordo comercial pós-Brexit com o Reino Unido.

As primeiras doses, no entanto, são limitadas a pouco menos de 10.000, na maioria dos países, com os programas de vacinação em massa previstos para arrancar apenas em janeiro.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.750.780 mortos resultantes de mais de 79,7 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se na Itália (71.359 mortos, mais 2 milhões de casos), seguindo-se Reino Unido (70.195 mortos, mais de 2,2 milhões de casos), França (62.427 mortos, e mais de 2,5 milhões de casos) e Espanha (49.824 mortos, mais de 1,8 milhões de casos).

Portugal contabiliza 6.556 mortos em 392.996 casos de infeção.

MPE // MCL

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

UE adquire mais 100 milhões doses da vacina da Pfizer-BioNTech
Bruxelas havia adquirido 200 milhões de doses desta vacina, que contava que fossem administradas até setembro de 2021, tendo agora decidido reservar mais 100 milhões de doses, mesmo contando dispor muito em breve de outras vacinas contra a covid-19, dado ter uma ampla carteira de potenciais vacinas.