Escolha as suas informações

Coreia do Norte quer conversações diretas com os Estados Unidos

Coreia do Norte quer conversações diretas com os Estados Unidos

Foto: AFP
Mundo 26.02.2018

Coreia do Norte quer conversações diretas com os Estados Unidos

Paulo Jorge PEREIRA
Paulo Jorge PEREIRA
A Coreia do Norte está disponível para conversações diretas com os Estados Unidos, segundo revela a imprensa internacional, após a participação de uma delegação do país na cerimónia de encerramento dos Jogos Olímpicos de inverno.

A Coreia do Norte está disponível para conversações diretas com os Estados Unidos, segundo revela a imprensa internacional, após a participação de uma delegação do país na cerimónia de encerramento dos Jogos Olímpicos de inverno, realizados na Coreia do Sul.

A informação coincidiu com a visita de Ivanka Trump, filha do presidente norte-americano, Donald Trump, logo sendo colocada a possibilidade de representantes das duas delegações se encontrarem. 

Uma reunião com o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, foi cancelada após críticas deste ao desrespeito dos Direitos Humanos por parte do regime de Pyongyang.

Ao mesmo tempo, as autoridades norte-coreanas fizeram saber que estão interessadas no reforço do relacionamento com a vizinha Coreia do Sul, segundo revelaram fontes da presidência sul-coreana, após um encontro entre o presidente Moon Jae-in e o líder da delegação da Coreia do Norte, o general Kim Yong-chol, vice-presidente do Comité Central do Partido dos Trabalhadores que ocupa o poder no país.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas