Escolha as suas informações

China lança mísseis para águas japonesas e muito perto de Taiwan
Mundo 04.08.2022
Tensão China-Taiwan

China lança mísseis para águas japonesas e muito perto de Taiwan

Exercícios militares chineses
Tensão China-Taiwan

China lança mísseis para águas japonesas e muito perto de Taiwan

Exercícios militares chineses
AFP
Mundo 04.08.2022
Tensão China-Taiwan

China lança mísseis para águas japonesas e muito perto de Taiwan

AFP
AFP
Japão pede o fim imediato dos "exercícios militares".

A China disparou esta quinta-feira mísseis que caíram, pela primeira vez, na zona económica exclusiva (ZEE) do Japão, no primeiro dia de exercícios militares em resposta a uma visita da Presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, Nancy Pelosi, a Taipé. 

Os militares chineses lançaram uma série de mísseis que sobrevoaram Taiwan antes de cair pela primeira vez na ZEE japonesa, em seis zonas marítimas em torno de Taiwan, em rotas comerciais movimentadas e, por vezes, a 20 quilómetros da costa taiwanesa. 


Asselborn. Visita de Pelosi a Taiwan é "uma provocação inútil à China”
Jean Asselborn lamenta a visita da líder do Congresso americano numa altura de tensão nas relações sino-americanas.

O ministro dos Negócios Estrangeiros japonês, Yoshimasa Hayashi, já apelou para um cessar de qualquer atividade militar. "As ações da China desta vez têm um sério impacto na paz e estabilidade regionais. Apelo a uma paragem imediata destas manobras militares", cita a AFP. 

Apesar dos fortes avisos de Pequim, que considera Taiwan uma das suas províncias, Pelosi, um alto funcionário norte-americano, visitou a ilha na terça e quarta-feira antes de iniciar uma visita ao Japão na quinta-feira, a última paragem da digressão asiática. 

A mudança é vista pela China como uma provocação, um apoio aos defensores da independência de Taiwan e uma renegação de um compromisso dos EUA de não ter relações oficiais com a ilha. 

 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas