Escolha as suas informações

Breves Mundo 05.02.2019

Cadela de Emiliano Sala ainda o espera

Romina, irmã de Emiliano Sala, o jogador cujo avião desapareceu no Canal da Mancha quando o argentino viajava de Nantes para Cardiff, divulgou no Facebook uma imagem da cadela que ainda espera pelo seu regresso com a frase: "Nala também te espera".

Nala, uma cadela de raça labrador, foi entregue a Sala em 2015, tendo representado uma forma de o sul-americano ultrapassar a solidão. A foto foi publicada por Romina no sábado quando ainda não tinham sido encontrados os restos do aparelho.

O avião onde seguiam o piloto, David Ibbotson, de 59 anos, e o jogador, de 28, foi encontrado no fundo do Canal da Mancha por uma equipa privada que prosseguiu as buscas depois de as autoridades as terem abandonado. Ontem, um corpo foi encontrado nos destroços, mas não foi ainda possível proceder à sua identificação.


Breves Economia Hoje às 12:58

Défice comercial do Luxemburgo manteve-se nos 2,7 mil milhões de euros nos primeiros cinco meses do ano

O défice comercial do Luxemburgo manteve-se nos 2,7 mil milhões de euros entre janeiro e maio deste ano, face ao mesmo período de 2018.

De acordo com dados do Eurostat hoje publicados, as exportações aumentaram 20%, para os 7,1 mil milhões de euros e as importações subiram 15%, para os 9,8 mil milhões de euros. Isto é, apesar de as vendas do Grão-Ducado terem aumentado mais do que as compras, o país ainda importa mais do que exporta, o que justifica a existência de défice comercial.

A Alemanha volta a destacar-se como o país com o maior excedente comercial: de 95,1 mil milhões de euros. Pelo contrário, o Reino Unido tem o pior défice, de quase 75 mil milhões de euros.

No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, a zona euro viu o seu excedente da balança comercial externa de bens subir para os 82,7 mil milhões de euros, face aos 80,5 mil milhões de euros do período homólogo.

Breves Economia Hoje às 12:06

Taxa de emprego no Luxemburgo sobe para 67,6%

A taxa de emprego no Luxemburgo aumentou para 67,6% no primeiro trimestre do ano, face aos 67% verificados no mesmo período do ano passado.

No entanto, de acordo com dados divulgados hoje pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), se a comparação for feita com o último trimestre de 2018, registou-se uma queda de 0,2 pontos percentuais na taxa de emprego.

A taxa de 67,6% corresponde a 286 mil trabalhadores entre os 15 e os 64 anos.

A taxa fica abaixo da média da União Europeia, da zona euro e da OCDE. Portugal registou um dos maiores aumentos em termos homólogos: de um ponto percentual, para os 70,2%.

Breves Luxemburgo Hoje às 08:29

Luxemburgo tenta atrair start-up da Coreia do Sul

A Coreia do Sul é um mercado económico e financeiro apetecível para o Luxemburgo, disposto a receber empresas e start-up, nos segmentos do digital, da inovação tecnológica, da cibersegurança e do espacial.

Para reforçar esses investimentos, o ministro luxemburguês da Economia, Étienne Schneider, iniciou, esta segunda-feira, uma visita de quatro dias a este gigante asiático, acompanhado de empresários de 40 empresas, interessados em atrair investimentos deste país.

O Luxemburgo tem-se distinguido, nos últimos anos, pela aposta na indústria espacial e essa opção também é prioritária nesta visita, que decorre até à próxima quinta feira. O ministro luxemburguês vai ser o principal orador na abertura do Fórum Coreano do Espaço.

Os dois países têm relações diplomáticas desde 1962 mas o intercâmbio económico é muito mais recente.

No que toca ao investimento sul-coreano no Luxemburgo, há várias empresas industriais implantadas aqui, sobretudo a SamHwa Steel, a Doosan e a Hyosung.

Breves Mundo 15.07.2019

Governo moçambicano vai investir 84 ME em equipamentos ferroviários

"Até finais de maio do próximo ano, teremos os equipamentos disponíveis em Moçambique, devendo ser distribuídos pelas zonas sul e centro do País", disse Carlos Mesquita, ministros do Transportes e Comunicação, citado hoje num comunicado distribuído à imprensa.

O investimento vai ser realizado através de uma linha de crédito disponibilizada pelo Governo indiano, no âmbito do fortalecimento da cooperação entre os dois estados.

Breves Economia 15.07.2019

Gasóleo sobe a partir da meia-noite

O gasóleo vai subir a partir da meia-noite. O aumento será de 2,2 cêntimos, para os 1,11 euros.