Escolha as suas informações

Justiça francesa pede a Parlamento Europeu para retirar imunidade a Le Pen
Mundo 14.04.2017 Do nosso arquivo online
Bruxelas

Justiça francesa pede a Parlamento Europeu para retirar imunidade a Le Pen

Bruxelas

Justiça francesa pede a Parlamento Europeu para retirar imunidade a Le Pen

AFP
Mundo 14.04.2017 Do nosso arquivo online
Bruxelas

Justiça francesa pede a Parlamento Europeu para retirar imunidade a Le Pen

A justiça francesa pediu no final de março ao Parlamento Europeu para retirar a imunidade a Marine Le Pen, visada numa investigação sobre alegados “empregos fictícios” de assistentes parlamentares do partido Frente Nacional, noticiou a AFP citando fonte judiciária.

A justiça francesa pediu no final de março ao Parlamento Europeu para retirar a imunidade a Marine Le Pen, visada numa investigação sobre alegados “empregos fictícios” de assistentes parlamentares do partido Frente Nacional, noticiou a AFP citando fonte judiciária.

A candidata do partido de extrema-direita Frente Nacional às presidenciais francesas tinha em 10 de março recusado a convocatória para comparecer perante um juiz no âmbito da investigação das suspeitas de “empregos fictícios” no Parlamento Europeu, tendo na altura invocado a respetiva imunidade e denunciado uma “operação política”.

Os juízes investigam se Marine Le Pen e outros deputados europeus do mesmo partido pagaram com dinheiro do Parlamento Europeu a assistentes parlamentares que, na realidade, trabalhavam para a Frente Nacional.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A líder da extrema-direita francesa, Marine Le Pen, foi hoje, domingo, eleita deputada, pela primeira vez, na segunda volta das legislativas em França, marcadas por uma vitória esmagadora do movimento do Presidente, Emmanuel Macron.
(FILES) This file photo taken on December 02, 2015 shows President of the French far-right Front National (FN) party, Marine Le Pen (L) and her companion, the party's vice-president Louis Aliot react during a campaign meeting in Nimes ahead of the upcoming regional elections.
Le Pen is elected in the Pas-De-Calais following the second round of the French parliamentary elections (elections legislatives in French) on June 18, 2017, as Aliot is elected in the 2nd constituency of the Pyrenees orientales. / AFP PHOTO / Pascal GUYOT
A candidata presidencial da extrema-direita francesa Marine Le Pen recusou-se hoje a cumprir uma convocatória judicial para se apresentar perante os magistrados, no âmbito de uma investigação relacionada com uso indevido de dinheiros atribuídos pelo Parlamento Europeu.
French far-right leader Marine Le Pen