Escolha as suas informações

Base iraquina atingida por, pelo menos, quatro mísseis
Mundo 12.01.2020

Base iraquina atingida por, pelo menos, quatro mísseis

Base iraquina atingida por, pelo menos, quatro mísseis

Foto: AFP
Mundo 12.01.2020

Base iraquina atingida por, pelo menos, quatro mísseis

Autoridades e fontes militares, citadas pela Reuters, garantem que a base iraquiana a norte de Bagdad foi atingida e que três elementos da Força Aérea do país ficaram feridos. O quartel fica a menos de 80km de uma base norte-americana.

Uma das bases iraquinas, a norte da capital, foi alvo de um ataque este domingo, com autoridades e militares a garantirem à Reuters que, pelo menos, quatro mísseis atingiram o local e que quatro militares iraquianos ficaram feridos. 

Grande parte dos 5.200 soldados dos Estados Unidos, estacionados no país, estão a cerca de 80 km do quartel iraquiano, segundo informa a AFP, mas os Estados Unidos ainda não reivindicaram o ataque. 

De acordo com a mesma agência de notícias, grande parte dos militares norte-americanos já tinha desmobilizado este domingo. À Aljazeera, o coronel Mohammed Khalil confirma que três dos mísseis atingiram a base aérea de Balad, a norte de Bagdad. O quatro terá atingido o portão da base militar do país. 

"Três soldados iraquianos, que estavam de guarda no portão da base aérea, ficaram feridos como resultado dos bombardeios", afiançou. 


Notícias relacionadas

Trump garante que “está tudo bem” e diz que fala hoje
Mais de uma dúzia de mísseis iranianos foram lançados esta quarta-feira de madrugada contra duas bases iraquianas, em Ain al-Assad e Arbil, que albergam tropas norte-americanas. Uma ação considerada uma operação de vingança na sequência da morte do general Qassem Soleimani.
Teerão: Rússia e Irão condenam ataque dos EUA à Síria
O Presidente russo classificou hoje o ataque dos Estados Unidos contra uma base síria como "uma agressão" com um “pretexto inventado”, e disse que a ação de Washington prejudica as relações entre os dois países. Também o Governo de Teerão condenou o ataque dos EUA.
Wladimir Putin spricht im Zusammenhang mit dem Raketenangriff von einem "erdachten Vorwand".