Escolha as suas informações

Autoridades ucranianas anunciam recuperação do controlo de toda a região de Kiev
Mundo 03.04.2022
Guerra na Ucrânia

Autoridades ucranianas anunciam recuperação do controlo de toda a região de Kiev

Imagem de Kiev
Guerra na Ucrânia

Autoridades ucranianas anunciam recuperação do controlo de toda a região de Kiev

Imagem de Kiev
Foto: Sergei Chuzavkov/SOPA Images via
Mundo 03.04.2022
Guerra na Ucrânia

Autoridades ucranianas anunciam recuperação do controlo de toda a região de Kiev

Lusa
Lusa
As cidades de "Irpin, Busha, Gostomel e toda a região de Kiev foram libertadas do invasor", disse a vice-ministra da Defesa, Ganna Maliar.

Os ucranianos recuperaram o controlo de toda a região de Kiev após a retirada das forças russas das principais cidades próximas da capital, anunciou, este sábado, a vice-ministra da Defesa ucraniana, Ganna Maliar.

As cidades de "Irpin, Busha, Gostomel e toda a região de Kiev foram libertadas do invasor", disse Maliar através da rede social Facebook.


Guerra na Ucrânia
Corpos de 20 homens encontrados alinhados em rua nos arredores de Kiev
Segundo a ONU, a ofensiva militar russa na Ucrânia já matou pelo menos 1.325 civis, mas os números deverão ser superiores, de acordo com o organismo.

A Rússia lançou em 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que matou pelo menos 1.325 civis, incluindo 120 crianças, e feriu 2.017, entre os quais 168 menores, segundo os mais recentes dados da ONU, que alerta para a probabilidade de o número real de vítimas civis ser muito maior.

A guerra provocou a fuga de mais de 10 milhões de pessoas, incluindo mais de 4,1 milhões de refugiados em países vizinhos e cerca de 6,5 milhões de deslocados internos.

A ONU estima que cerca de 13 milhões de pessoas necessitam de assistência humanitária na Ucrânia.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O organismo sublinha que a maioria das vítimas civis morreu ou sofreu ferimentos devido ao uso de explosivos. A ONU teme que os números de vítimas da guerra na Ucrânia aumentem consideravelmente quando houver acesso a cidades cercadas ou a zonas até agora sob intensos combates.
Imagens de Irpin, na Ucrânia
O Ministério da Defesa russo refuta as acusações de crimes cometidos pelas suas tropas na localidade dos arredores de Kiev, onde foram encontrados cadáveres espalhados nas estradas, e afirma que as fotografias e vídeos publicados pelo governo ucraniano são uma "provocação".
Guerra em Busha, na Ucrânia.