Escolha as suas informações

Automóvel entra na pista de aeroporto e obriga a abortar aterragens
Mundo 10.10.2021
Alemanha

Automóvel entra na pista de aeroporto e obriga a abortar aterragens

Alemanha

Automóvel entra na pista de aeroporto e obriga a abortar aterragens

Guido Schulmann/tv-niederrhein/d
Mundo 10.10.2021
Alemanha

Automóvel entra na pista de aeroporto e obriga a abortar aterragens

Redação
Redação
A invasão da pista terá acontecido devido a aparentes problemas de saúde do condutor do veículo e a excesso de álcool. O tráfego aéreo foi suspenso na altura e o invasor enfrenta agora acusações criminais.

O insólito aconteceu no Aeroporto de Weeze, em Cleves, na Renânia do Norte-Vestfália, na noite de sábado, quando um automóvel destruiu a vedação de proteção da pista, forçando um avião da Ryanair a abortar a sua aterragem. Uma forte escolta policial invadiu de imediato a pista obrigando à suspensão temporária do tráfego aéreo naquele aeroporto.

A invasão da pista terá acontecido devido a aparentes problemas de saúde do condutor do veículo e a excesso de álcool. O homem, de 59 anos, que seguia numa via do aeroporto, perdeu o controlo do automóvel, que passou a vala de proteção, destruiu a vedação da pista e entrou naquela via, informou a polícia de Cleves, esta manhã de domingo.


Videos. Aterragens difíceis de aviões no meio da tempestade
Domingo houve várias aeronaves de passageiros com muita dificuldade em aterrar nos aeroportos do Reino Unido. Algumas não conseguiram.

Medicação e álcool

De acordo com a polícia, além do problema de saúde e da medicação que toma para o mesmo, o condutor estava também sob o efeito de álcool. Recebeu tratamento médico hospitalar e enfrenta agora um processo criminal.

Após o despiste do automóvel a polícia destacou de imediato uma série de veículos e pessoal de emergência que rodearam o veículo porque, como explicaram, não puderam descartar a possibilidade de um ataque.

O avião da Ryanair que teve de abortar a aterragem foi desviado para para Munster, na mesma região e só mais tarde quando o tráfego reabriu aterrou finalmente em Weeze.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas