Escolha as suas informações

Ataques no Sri Lanka. Novo balanço aponta para mais de 150 mortos e oito explosões (em atualização)
Mundo 21.04.2019

Ataques no Sri Lanka. Novo balanço aponta para mais de 150 mortos e oito explosões (em atualização)

Ataques no Sri Lanka. Novo balanço aponta para mais de 150 mortos e oito explosões (em atualização)

Foto: AFP
Mundo 21.04.2019

Ataques no Sri Lanka. Novo balanço aponta para mais de 150 mortos e oito explosões (em atualização)

Já houve oito explosões no Sri Lanka.


Um novo balanço da série de explosões que ocorreram em três igrejas e três hotéis hoje no Sri Lanka aponta para 158 mortos, entre os quais 35 estrangeiros, sendo um português, anunciou fonte policial. Até ao momento, houve oito explosões em hotéis e igrejas.

Fonte policial avançou à agência de notícias francesa France Presse, que as autoridades já registaram 158 mortos, entre os quais 35 estrangeiros, e mais de 400 feridos.

A cônsul de Portugal em Colombo, Preenie Pine, disse hoje à Lusa que existe um português entre as vítimas mortais.

As explosões ocorreram "quase em simultâneo", pelas 08h45 (04h15 no Luxemburgo), de acordo com fontes policiais citadas por agências internacionais. As duas últimas explosões ocorreram nos últimos minutos.

“Por favor, permaneçam calmos e não sejais enganados por rumores”, pediu o presidente do Sri Lanka, Maithripala Sirisena, numa mensagem à nação, num país onde os confrontos têm sido frequentes no passado em reação a eventos violentos.

O Ministério da Educação anunciou o encerramento de todas as escolas do país na segunda e terça-feira.

Também o primeiro ministro do país, Ranil Wickremesinghe, liderou uma reunião ade emergência com altos cargos das forças de segurança e outros membros do Governo, entre eles o ministro para as Reformas Económicas e a Distribuição Pública, Harsha de Silva, que deu detalhes do encontro na rede social Twitter.

Imagens difundidas pelos meios de comunicação locais mostram a magnitude da explosão pelo menos em uma das igrejas, com o teto do templo semidestruído, escombros e corpos espalhados enquanto muitas pessoas os tentam socorrer.

Os fiéis católicos celebram hoje o Domingo de Ressurreição, o dia mais importante entre os rituais da Semana Santa.


Notícias relacionadas