Escolha as suas informações

Associações empresariais lusófonas criam Instituto de Formação da CPLP
Mundo 27.01.2016 Do nosso arquivo online

Associações empresariais lusófonas criam Instituto de Formação da CPLP

Associações empresariais lusófonas criam Instituto de Formação da CPLP

Foto: CPLP
Mundo 27.01.2016 Do nosso arquivo online

Associações empresariais lusófonas criam Instituto de Formação da CPLP

Três instituições criaram o Instituto de Formação da CPLP (IF-CPLP), que deverá entrar em funcionamento em abril próximo e que visa promover o ensino e qualificação dos cidadãos dos nove países lusófonos, disse hoje à agência Lusa fonte oficial.

Três instituições criaram o Instituto de Formação da CPLP (IF-CPLP), que deverá entrar em funcionamento em abril próximo e que visa promover o ensino e qualificação dos cidadãos dos nove países lusófonos, disse hoje à agência Lusa fonte oficial.

Segundo o secretário-geral da Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CE-CPLP), José Medina Lobato, a ideia visa também apoiar projetos de capacitação e desenvolvimento sustentado das empresas e economias dos "nove".

O IF-CPLP foi fundado pela própria CE-CPLP, pela União dos Exportadores de Língua Portuguesa (UELP) e pela Associação Empresarial de Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto.

As áreas predominantes em que o IF-CPLP irá atuar passam pelas de Gestão e Estratégia Empresarial, Turismo, Hotelaria e Restauração, Agricultura, Construção Civil e Obras Públicas e Saúde e Bem-Estar.

"Qualificar para competir" é o lema da instituição, referiu Medina Lobato, adiantando que as ações de formação decorrerão na sede da CE-CPLP, em Lisboa, em parceria com associações empresariais e empresas associadas.

"É reconhecido por todos que, para um desenvolvimento sustentável das economias, é fundamental apostar no ensino, na formação e na qualificação profissional. A formação é vista cada vez mais como um fator diferenciador e fundamental para o crescimento e progresso sustentado, influenciando diretamente a produtividade das empresas e da economia", referiu o secretário-geral da CE-CPLP.

Liderada pelo empresário moçambicano Salimo Abdula, a CE-CPLP é uma organização que visa o desenvolvimento da cooperação entre estruturas associativas dos países-membros da CPLP - Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

A instituição, criada a 04 de junho de 2004, em Lisboa, pretende também criar condições para o desenvolvimento de negócios no quadro dos espaços económicos onde estão inseridos no espaço lusófono.

Atualmente, a Confederação Empresarial da CPLP conta com 117 associados - 13 efetivos fundadores, 23 efetivos, 78 aderentes, dois honorários e um benemérito.

(Lusa)