Escolha as suas informações

Artigo anónimo no New York Times diz que há resistência dentro da Administração Trump

Artigo anónimo no New York Times diz que há resistência dentro da Administração Trump

Foto: DPA
Mundo 06.09.2018

Artigo anónimo no New York Times diz que há resistência dentro da Administração Trump

Presidente dos Estados Unidos exige saber nome do autor do artigo de opinião, atribuído a um alto funcionário da Casa Branca.

Donald Trump exigiu ao New York Times (NYT) que revelasse o nome do autor de um artigo de opinião publicado pelo jornal e que, protegido pelo anonimato, dá conta da existência de um "movimento de resistência" dentro da Administração Trump contra "as suas piores inclinações". Segundo relata o diário The Guardian, os responsáveis do NYT ripostaram que conheciam a sua identidade e, devido às funções desempenhadas, a revelação colocaria em causa o seu posto de trabalho.

De acordo com o Guardian, assim que teve conhecimento do artigo, Trump usou o Twitter para falar em "traição" e escreveu: "Se esta pessoa cobarde e anónima existe, o Times deve, por questões de segurança nacional, revelar o seu nome ao governo de imediato".

O autor do artigo no Times reclama ser parte do movimento de resistência no interior da Administração Trump e escreve: "Muitos de nós, colaboradores de Trump, prometemos fazer o que pudermos para defender as nossas instituições democráticas e controlar os impulsos mais errados de Trump até que deixe a presidência". Além disso, o artigo acrescenta: "Pode servir de fraco consolo nesta altura caótica, mas o povo americano deve saber que há adultos na sala... Percebemos perfeitamente o que está a acontecer. E estamos a tentar fazer o que está certo mesmo quando Trump não o faça".

Sarah Sanders, porta-voz da Casa Branca para a imprensa, acusou o autor do artigo de optar por "enganar" o presidente com a sua continuidade na Administração Trump. "Não está a colocar o país primeiro, está a colocar-se e ao seu ego à frente da vontade do povo americano. É um cobarde que devia adotar a atitude certa e demitir-se", afirmou Sanders, citada pelo Guardian.

O artigo do NYT surge no dia seguinte à divulgação das primeiras informações sobre o novo livro de Bob Woodward acerca da presidência de Trump, cujo lançamento está marcado para o próximo dia 11. Medo: Trump na Casa Branca traça um retrato caótico da situação dentro da Administração Trump com base em horas de diálogos gravados com fontes não reveladas.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas