Escolha as suas informações

Alemanha. Multas de 50 euros para dados pessoais falsos nos cafés
Mundo 2 min. 30.09.2020

Alemanha. Multas de 50 euros para dados pessoais falsos nos cafés

Alemanha. Multas de 50 euros para dados pessoais falsos nos cafés

Mundo 2 min. 30.09.2020

Alemanha. Multas de 50 euros para dados pessoais falsos nos cafés

Redação
Redação
As reuniões familiares em casa também passam a ter limites de convidados. Estas são duas das novas restrições impostas por Merkel para combater a epidemia.

Todos os clientes dos cafés, bares e restaurantes na Alemanha são obrigados a deixar os seus dados pessoais nestes estabelecimentos, para poderem ser identificados caso surjam infeções de covid-19 ligadas ao local.

A partir de agora as informações falsas serão punidas com uma multa, de pelo menos, 50 euros, anunciou ontem a chanceler alemã Angela Merkel.

"Os estabelecimentos têm de se certificar de que as pessoas dão informações reais... se os clientes se identificarem como Pato Donald, é difícil de perceber que se trata de uma informação falsa", declarou ontem Merkel durante a conferência de apresentação das novas restrições aos habitantes para travar o aumento de infeções que se tem registado no país. As medidas foram decididas pela chanceler em conjunto com os governadores de cada estado federal.


Restrições nas fronteiras. Luxemburgo reforça assistência consular
O chefe da diplomacia luxemburguesa qualifica de "discriminatórias", as restrições dos dois dos países vizinhos para evitar a propagação do novo coronavírus e já reforçou a assistência consular.

Tal como no Luxemburgo, a seguir ao regresso das férias as reuniões e festas familiares “são uma causa importante” da propagação de novos casos da epidemia, pelo que “há que reagir” e combater o contágio, vincou Angela Merkel.

Limite de convidados em casa

Assim, passa a haver um limite de convidados aconselhados em casa e em festas familiares, que vai depender do número de novas infeções diárias em cada estado.

Assim, cada família ou pessoa pode receber até um máximo de 10 pessoas na sua casa se residir num estado que registe 50 novos casos por 100 mil habitantes, nos últimos sete dias. Nas festas em locais públicos o limite é de 25 pessoas.

Este limite sobe para um máximo de 25 pessoas por reuniões privadas ou familiares nas residências dos estados alemães onde se detete até 35 novos casos de infeção por cada 100 mil habitantes, numa semana. Neste caso, os eventos em espaços públicos não devem exceder os 25 convidados.


Viagens à Alemanha para consultas médicas continuam a ser permitidas
Os residentes do Luxemburgo vão poder continuar a ir às consultas e exames médicos no estado da Renânia-Palatinado, apesar do Grão-Ducado ser "zona de risco".

Os horários de abertura limitados, que podem variar de uma região para outra, serão também mantidos. A governante deixou o apelo para o cumprimento do uso de máscara e do distanciamento social.

 Epidemia a crescer 

A Alemanha debate-se com um grande aumento de pessoas infetadas. Na terça-feira os casos diários atingiram os dois mil, números só registados em abril passado, e Angela Merkel estima que a tendência de aumento se irá manter.

Numa reunião privada do partido referiu que se a tendência se mantiver a Alemanha poderá atingir os 19,200 novos casos por dia até ao Natal.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Alemanha mantém novos casos diários acima de 1.500
A Alemanha voltou hoje a registar mais de 1.500 novos casos de covid-19, mantendo a tendência das últimas semanas, de retrocesso para níveis que não se verificavam desde abril, e prepara novas medidas para conter a propagação.