Escolha as suas informações

Afeganistão. Mulheres proibidas de viajar de avião sem familiar masculino
Mundo 2 min. 28.03.2022
Taliban

Afeganistão. Mulheres proibidas de viajar de avião sem familiar masculino

Um grupo de mulheres ativistas afegãs numa conferência de imprensa em Cabul, onde pediram recentemente a reabertura das escolas secundárias para raparigas por todo o país.
Taliban

Afeganistão. Mulheres proibidas de viajar de avião sem familiar masculino

Um grupo de mulheres ativistas afegãs numa conferência de imprensa em Cabul, onde pediram recentemente a reabertura das escolas secundárias para raparigas por todo o país.
Foto: Ahmad Sahel Arman/AFP
Mundo 2 min. 28.03.2022
Taliban

Afeganistão. Mulheres proibidas de viajar de avião sem familiar masculino

AFP
AFP
Os taliban ordenaram às companhias aéreas do Afeganistão que se recusem a embarcar mulheres se estas não forem acompanhadas por um membro da família masculino, disseram as companhias aéreas afegãs.

Dois funcionários da Ariana Afghan Airlines e da Kam Air disseram à AFP no domingo à noite que tinham recebido ordens dos taliban para não emitirem bilhetes para as mulheres que não estejam acompanhadas por um membro da família masculino para viajar.

A decisão foi tomada após uma reunião a meio da semana entre representantes dos governo que tomou o poder em agosto de 2021, as duas companhias aéreas e as autoridades de imigração no aeroporto de Cabul.


Portugal. Família afegã fugida do regime talibã começou a viver na Maia
Com idades entre os 5 e os 55 anos, a família foi obrigada a fugir de Cabul. Ao todo foram 15 os refugiados afegãos instalados em casas do Grande Porto.

Uma carta enviada por um alto funcionário da Ariana Afghan Airlines ao pessoal da companhia aérea, cuja cópia foi obtida pela AFP, confirma as novas regras que se aplicam a todos os voos.

"Nenhuma mulher está autorizada a voar em voos domésticos ou internacionais sem um parente masculino", dizia a carta.

Dois agentes de viagens contactados pela AFP confirmaram igualmente que deixaram de emitir bilhetes para as mulheres que desejavam viajar sozinhas.

"Algumas mulheres que viajavam sem um parente masculino não foram autorizadas a embarcar num voo Kam Air de Cabul para Islamabad na sexta-feira", disse um passageiro no voo à AFP.

Uma mulher afegã com um passaporte americano também não foi autorizada a embarcar num voo para o Dubai na sexta-feira, disse outra fonte.

No final de dezembro, os fundamentalistas taliban já tinham proibido as mulheres afegãs de viajar num raio de mais de 72 quilómetros no país, a menos que fossem acompanhadas por um membro da família próxima.

Esta nova restrição às mulheres afegãs surge dias depois de os taliban terem decidido encerrar as escolas secundárias femininas, logo após a reabertura há muito anunciada.


Equipa feminina afegã
Fotogaleria. Meninas da equipa de futebol afegã já treinam nos campos portugueses
As jovens refugiadas conseguiram asilo no país, onde chegaram há uma semana, e puderam, finalmente, voltar aos treinos.

No domingo, o Ministério da Promoção da Virtude e de Prevenção do Vício também ordenou a separação de mulheres e homens nos parques públicos de Cabul, estabelecendo dias de visita específicos para cada sexo.

Quartas, quintas, sextas e sábados estão agora reservados para homens e domingos, segundas e terças para mulheres, precisou.

Desde que chegaram ao poder há sete meses, os taliban têm imposto continuamente restrições às mulheres. Estas estão excluídas de muitos empregos públicos, controladas pela forma como se vestem, proibidas de viajar sozinhas para fora da sua cidade e, agora, de voar.

O regime também prendeu e deteve mulheres ativistas - algumas durante várias semanas - que se manifestaram a favor dos direitos das mulheres.


Notícias relacionadas