Escolha as suas informações

Xavier Bettel quer vender o Luxemburgo às empresas americanas
Luxemburgo 19.02.2015 Do nosso arquivo online
Viagem aos EUA

Xavier Bettel quer vender o Luxemburgo às empresas americanas

Xavier Bettel com os responsáveis da Ripple Labs
Viagem aos EUA

Xavier Bettel quer vender o Luxemburgo às empresas americanas

Xavier Bettel com os responsáveis da Ripple Labs
Vahe Hovhannisyan
Luxemburgo 19.02.2015 Do nosso arquivo online
Viagem aos EUA

Xavier Bettel quer vender o Luxemburgo às empresas americanas

Amazon, Starbucks, a Singularity University ou ainda a Ripple Labs:o primeiro-ministro do Luxemburgo está esta semana na costa Oeste dos EUA. Em Seattle e San Francisco, Xavier Bettel está a visitar algumas das empresas norte-americanas que já estão no Luxemburgo, mas também a estabelecer contactos com novos investidores.

Amazon, Starbucks, a Singularity University ou ainda a Ripple Labs: o primeiro-ministro do Luxemburgo está esta semana na costa Oeste dos EUA.  Em Seattle e San Francisco, Xavier Bettel está a visitar algumas das empresas norte-americanas que já estão no Luxemburgo, mas também a estabelecer contactos com novos investidores.

A viagem de prospecção económica de Bettel termina manhã nos EUA. Desde o início da semana, o primeiro-ministro do Luxemburgo já se encontrou com o patrão da Amazon, que na Europa tem a sua sede no Luxemburgo. A empresa de comércio electrónico dá emprego a cerca de mil pessoas no Grão-Ducado e viu-se envolvida no escândalo LuxLeaks.

Bettel foi ainda à sede da Starbucks, nos EUA. O primeiro-ministro quer trazer o principal revendedor e transformador de café do mundo para o novo Centro Hamilius que está a ser projectado para a capital.

O primeiro-ministro esteve ainda na NASA, na Singularity University, uma empresa especializada em inteligência artificial e robótica, e na Ripple Labs, que dispõe de um programa que permite fazer transacções financeiras em tempo real, e em todas as moedas.

Bettel vai ainda encontrar-se com os responsáveis da Apple, da PayPal e da e-Bay.

Os seguidores de Betel na rede social Twitter não perdem pitada da viagem do primeiro-ministro aos EUA. Xavier Bettel twitta os encontros que vai tendo com as empresas americanas.


Notícias relacionadas

O primeiro-ministro do Luxemburgo recebeu ameaças de morte no Facebook, por causa da posição do DP no referendo do próximo domingo. Bettel leu, respondeu e partilhou a sua mensagem na rede social.
O primeiro-ministro do Luxemburgo Xavier Bettel disse, esta tarde, que novos dados sobre o "LuxLeaks" devem ser publicados na imprensa mundial na próxima semana. O consórcio de jornalistas responsável pela investigação voltou a fazer perguntas ao ministro das Finanças do Luxemburgo.
.