Escolha as suas informações

Wiseler insiste que o CSV devia estar no novo governo
Luxemburgo 19.10.2018 Do nosso arquivo online

Wiseler insiste que o CSV devia estar no novo governo

Wiseler insiste que o CSV devia estar no novo governo

Foto: Chris Karaba
Luxemburgo 19.10.2018 Do nosso arquivo online

Wiseler insiste que o CSV devia estar no novo governo

O cabeça de lista dos cristãos-democratas relembra que são o partido mais votado no Luxemburgo e que têm pontos de vista mais semelhantes ao DP que o LSAP.

Apesar de Xavier Bettel já ter sido indigitado primeiro-ministro, Claude Wiseler, líder do Partido Cristão Social (CSV), afirmou quinta-feira, em conferência de imprensa, que se vai bater até ao fim por outra solução governativa. Entenda-se: até que haja novo Governo com o CSV.

O 'homem forte' do CSV – que entrou na corrida às eleições legislativas como candidato do partido a primeiro-ministro – diz que se trata de honrar os cerca de 29% de eleitores que votaram nos cristãos-sociais.

Claude Wiseler avisa que se vai manter atento às negociações entre liberais, socialistas e verdes, sobretudo, para analisar até que ponto o LSAP estará disposto a abdicar de algumas das suas posições que não são partilhadas pelos outros parceiros de coligação.

Estão em causa, por exemplo, a redução da semana de trabalho para 38 horas e o aumento do salário mínimo, medidas que nem o DP, nem o CSV concordam.

Wiseler defende que seria “mais estável” uma coligação entre CSV e DP.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Em entrevista à Rádio Latina, o candidato do Partido Cristão Social (CSV) afirma que o crescimento demográfico "é um problema", na medida em que está dependente da melhoria de outras áreas, que por sua vez terão de criar condições para um crescimento demográfico saudável. Ouça aqui a conversa na íntegra do candidato do CSV às próximas legislativas.
O Partido Cristão-Social (“Chrëschtlech Sozial Vollekspartei, CSV”) já apresentou a lista dos quatro candidatos às eleições primárias do partido, que se realizam no próximo mês de Outubro, já a pensar nas Legislativas de 2018.
Noch vor der Sommerpause will sich die CSV auf einen möglichen Spitzenkandidaten verständigen.