Escolha as suas informações

Violência doméstica aumentou no Luxemburgo em 2019. Polícia teve de intervir 849 vezes
Luxemburgo 27.05.2020

Violência doméstica aumentou no Luxemburgo em 2019. Polícia teve de intervir 849 vezes

Violência doméstica aumentou no Luxemburgo em 2019. Polícia teve de intervir 849 vezes

Foto: Shutterstock
Luxemburgo 27.05.2020

Violência doméstica aumentou no Luxemburgo em 2019. Polícia teve de intervir 849 vezes

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Num ano foram contabilizadas mais 258 vítimas de maus tratos. 63% são mulheres.

O número de casos de violência doméstica voltou a aumentar no Grão-Ducado. 

A polícia grã-ducal foi chamada a intervir em 849 casos de violência doméstica, no ano passado. Trata-se de um aumento comparativamente a 2018, ano em que se registaram menos 110 intervenções.

Em alta está também o número de casos em que o agressor é expulso de casa. No ano passado, houve 265 expulsões, mais 34 do que em 2018. Em média, as autoridades tiveram de intervir 70,5 vezes e proceder a 22 expulsões por mês.

O número de vítimas também tem aumentado significativamente, passando de 1.089 vítimas em 2018 para 1.337 em 2019, sendo que 63% das vítimas são mulheres. Relativamente aos agressores, 68% são homens.

O Ministério Público interveio em 1.692 processos por violência doméstica, em 2019. Estes dados foram apresentados esta manhã pela ministra pela Igualdade de Oportunidades, Taina Bofferding, em comissão parlamentar.

A ministra frisou que o Luxemburgo tem uma legislação das mais severas, comparativamente à dos países vizinhos. Mas há sempre espaço para melhorar. No entanto, acrescentou que um grupo de trabalho entre diferentes ministérios está a analisar quais os elementos que poderão ser melhorados ou mesmo reformados.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas