Escolha as suas informações

Vinho falsificado. 15 milhões de litros apreendidos no Luxemburgo e Europa
Luxemburgo 19.11.2022
Megaoperação

Vinho falsificado. 15 milhões de litros apreendidos no Luxemburgo e Europa

Megaoperação

Vinho falsificado. 15 milhões de litros apreendidos no Luxemburgo e Europa

Shutterstock
Luxemburgo 19.11.2022
Megaoperação

Vinho falsificado. 15 milhões de litros apreendidos no Luxemburgo e Europa

Álcool de contrafação, garrafas e rótulos falsos e máquinas de produção foram apreendidos no Luxemburgo e em 18 países da UE.

A agência antifraude da União Europeia, Olaf, apreendeu quase 15 milhões de litros de bebidas alcoólicas falsificadas numa megaoperação no Luxemburgo e noutros 18 países da Europa, informou a agência na sexta-feira.

As autoridades aduaneiras e a polícia do Luxemburgo estiveram envolvidas nas apreensões que incluíram garrafas e rótulos falsificados, embalagens e caixas de plástico utilizadas para guardar bebidas, e uma máquina para enrolar a película em volta da rolha de garrafas de espumante.

“A fraude alimentar é um problema para a saúde e a segurança dos consumidores, para as empresas legítimas e para a receita pública”, declarou o diretor-geral do OLAF, Ville Itälä.  

O OLAF que investiga as fraudes envolvendo fundos da UE,  liderou a investigação em toda a Europa como parte de uma operação conjunta da Europol e Interpol.


"Zero álcool ao volante" é a nova campanha de segurança rodoviária
O álcool continua a ser a segunda principal causa de acidentes nas estradas do Luxemburgo.

Recorde-se que os estrangeiros dos países vizinhos costumam costumam comprar álcool no Grão-Ducado devido aos baixos impostos do país sobre as bebidas alcoólicas.

Embora o Luxemburgo tenha tido os preços de alimentos mais altos em toda a UE, no ano passado, com produtos custando 25% mais do que a média europeia, o álcool e o tabaco foram os produtos mais baratos no Grão-Ducado, como revelam estatísticas do Eurostat.

Em 2021, o excesso de álcool foi responsável por um terço de todos os acidentes fatais nas estradas do Luxemburgo, e o segundo principal fator em acidentes rodoviários fatais ou graves, atrás do excesso de velocidade, como realçou o ministro dos Transportes, François Bausch, no início desta semana.

Artigo publicado originalmente no Luxembourg Times

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas