Escolha as suas informações

Viagens em Julho e Agosto: Luxemburgo é a 14.ª cidade favorita dos portugueses
Luxemburgo 20 08.09.2016

Viagens em Julho e Agosto: Luxemburgo é a 14.ª cidade favorita dos portugueses

Luxemburgo 20 08.09.2016

Viagens em Julho e Agosto: Luxemburgo é a 14.ª cidade favorita dos portugueses

A capital do Grão-Ducado é a 14.ª cidade mais procurada pelos portugueses para viajar durante os meses de Julho e Agosto. Lisboa, Porto e Faro lideram a lista elaborada pelo motor de pesquisa de voos e hotéis Jetcost. Paris e Londres são quinto e sexto. Saiba quem está à frente da cidade do Luxemburgo.


Mais de 70% dos portugueses preferiram viajar este Verão para cidades portuguesas. Lisboa, Porto, Faro, São Miguel (Açores) são as quatro primeiras cidades de uma lista de 20 destinos.

As primeiras cidades estrangeiras aparecem em quinto (Paris) e sexto (Londres) lugar.

O Luxemburgo aparece em 14° lugar, depois das cidades europeias de Genebra (Suíça), Amesterdão (Holanda) e Roma (Itália).

As duas principais cidades espanholas também estão entre as mais visitadas, Barcelona e Madrid, sendo as que têm melhores ligações aéreas com as cidades portuguesas.

Fora da Europa, destaque para as cidades brasileiras de São Paulo, Fortaleza, Rio de Janeiro ou Recife, e para Cabo Verde.


Notícias relacionadas

Azul vai ter voos entre Luxemburgo e Brasil
A companhia aérea brasileira Azul vai passar a fazer a ligação entre o Brasil e o Luxemburgo a partir de junho de 2019. Os voos vão fazer escala no Porto, com a parceria da TAP.
Aviação: Ryanair abre rota Luxemburgo-Sevilha
A companhia aérea de baixo custo irlandesa Ryanair vai abrir uma nova rota entre o Luxemburgo e a cidade espanhola de Sevilha. A ligação é uma das novidades de inverno da transportadora irlandesa, uma das maiores companhias aéreas da Europa no setor ‘low cost’.
OPINIÃO: Jóia da coroa
NA RUA DA GRANDE CIDADE, POR HUGO GUEDES - Uma expedição portuguesa – a segunda naquela zona, depois de Cabral se ter desviado “ligeiramente” da sua rota para a Índia e encontrado novas terras a Ocidente, a que chamou Vera Cruz – desceu ao longo da costa então coberta pela luxuriante mata atlântica até desembocar numa baía tão extensa que poderia ter sido criada pela foz de um enorme rio.
Estácio de Sá viria a fundar formalmente a “Colónia de São Sebastião do Rio de Janeiro” a 1 de Março de 1565 – a data que o Rio actual, megalópolis com 6,5 milhões de habitantes e segunda maior urbe de língua portuguesa no mundo, quer comemorar em 2015 (450 anos).