Escolha as suas informações

Verão de 2020 deve bater recorde de calor
Luxemburgo 27.05.2020

Verão de 2020 deve bater recorde de calor

Verão de 2020 deve bater recorde de calor

Guy Wolff
Luxemburgo 27.05.2020

Verão de 2020 deve bater recorde de calor

Organização Meteorológica Mundial antecipa o verão mais quente desde que há registos meteorológicos.

Depois das ondas de calor que dispararam os termómetros para os 40ºC no Luxemburgo no verão do ano passado, os meses quentes deste ano arriscam bater todos os recordes com a Organização Meteorológica Mundial (OMM) a antecipar o verão mais quente desde que há registos meteorológicos.

Num alerta emitido esta terça-feira, a OMM prevê uma nova vaga de calor para todo o hemisfério norte. No decurso dos dos primeiros meses deste ano já admitia que 2020 será um dos anos mais quentes de sempre. 

Cientes de que grande parte das restrições que acompanham a pandemia do novo coronavírus, pode tornar as vagas de calor ainda mais insuportáveis, os cientistas não disfarçam a preocupação e aconselham os governos a proteger os habitantes de um iminente colapso térmico. 

Na linha da frente do perigo iminente que já se advinha pelas previsões meteorológicas, estão as pessoas mais velhas. Mais vulneráveis aos efeitos negativos do calor também apresentam mais riscos de uma eventual infeção. Sem vacina ou grandes certezas sobre o comportamento do vírus que continua a alterar as rotinas do planeta, devem resguardar-se e ficar em casa. 

"A mensagem é que devemos estar preparados porque a covid vai complicar tudo", prepara Nullis. É que, ao contrário do que aconteceu no ano passado com os termómetros a chegar ao 40ºC no Luxemburgo e no centro da Europa, as recomendações próprias das alturas em que se registam ondas de calor podem, em alguns casos, colidir com as normas de proteção contra a covid-19. A imagem do ar condicionado desligado em restaurantes e espaços comerciais ajuda a emoldurar o alerta dos especialistas. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas