Escolha as suas informações

Venezuelanos no Luxemburgo manifestam-se a favor da transição política
Luxemburgo 6 02.02.2019 Do nosso arquivo online

Venezuelanos no Luxemburgo manifestam-se a favor da transição política

Venezuelanos no Luxemburgo manifestam-se a favor da transição política

Foto: Pierre Matgé/Luxemburger Wort
Luxemburgo 6 02.02.2019 Do nosso arquivo online

Venezuelanos no Luxemburgo manifestam-se a favor da transição política

Cerca de 100 venezuelanos residentes no Luxemburgo manifestaram-se este sábado à tarde a favor da transição política no país, após o Parlamento Europeu ter reconhecido Juan Guaidó como legítimo presidente do governo de transição na Venezuela.

Cerca de uma centena de Venezuelanos manifestaram-se esta tarde na capital luxemburguesa a favor da decisão do Parlamento Europeu, que reconheceu Juan Guaidó como legítimo presidente do governo de transição na Venezuela. Os cidadãos concentraram-se a partir das 14:00 na Place d'Armes no centro da cidade do Luxemburgo. Empunhavam bandeiras da Venezuela e cartazes contra o presidente deposto recentemente, Nicolás Maduro. 

Em declarações ao Contacto, a organização espera contar em breve com o apoio do executivo luxemburguês e do restante bloco europeu. Iremos desenvolver este artigo na próxima edição impressa do Contacto, que sairá na próxima quarta-feira, dia 6 de fevereiro, e também na edição online.

O Parlamento Europeu reconheceu na quinta-feira passada Juan Guaidó como "Presidente interino legítimo" da Venezuela e exortou a União Europeia e os seus Estados-membros a assumirem uma posição semelhante, enquanto não for possível convocar eleições presidenciais. 


Notícias relacionadas

Asselborn favorável a novas eleições na Venezuela. UE dividida
Apesar de a União Europeia (UE) ter criado um grupo de contacto para ajudar a Venezuela a resolver o impasse político, as divisões entre os ministros europeus foram visíveis em Bucareste, na capital da Roménia, na quinta-feira passada. O Luxemburgo mostra-se favorável a um novo sufrágio.
Conference de presse, Asselborn / Cahen, Refugiés, le 16 Janvier 2018. Photo: Chris Karaba
Putin e Erdogan apoiam Maduro
Rússia e Turquia revelam atitude que contrasta com o posicionamento de Trump perante a autoproclamação de Juan Guaidó como Presidente interino da Venezuela.