Escolha as suas informações

Breves Luxemburgo 04.02.2019

Venezuela. Luxemburgo também reconhece Guaidó

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Luxemburgo, Jean Asselborn, reconheceu Juan Guaidó como Presidente interino da Venezuela, apoiando a posição manifestada por vários países da União Europeia.

Em comunicado, Asselborn mostra-se favorável ao líder da Assembleia Nacional e dá suporte ao apelo internacional para novas eleições presidenciais e pelo "respeito das liberdades e dos direitos fundamentais do povo venezuelano", argumentando que esta "a instância democrática legítima" no país, uma vez que "as eleições presidenciais de 20 de maio de 2018 não foram livres, nem regulares".

Asselborn acrescenta a ideia de que "a solução para a situação difícil da Venezuela só pode ser política e pacífica", elogiando os esforços da comunidade internacional e o lançamento pela União Europeia do "grupo de contacto internacional", cujo início de atividade está agendado para esta quinta-feira, em Montevideu, no Uruguai, visando encontrar soluções "para um processo democrático credível na Venezuela".