Escolha as suas informações

Veja como vão ser os futuros comboios do Luxemburgo
Luxemburgo 2 2 min. 20.09.2022
Transportes

Veja como vão ser os futuros comboios do Luxemburgo

A primeira destas carruagens deverá ser posta em circulação no próximo ano
Transportes

Veja como vão ser os futuros comboios do Luxemburgo

A primeira destas carruagens deverá ser posta em circulação no próximo ano
Foto: DR
Luxemburgo 2 2 min. 20.09.2022
Transportes

Veja como vão ser os futuros comboios do Luxemburgo

Maria MONTEIRO
Maria MONTEIRO
O novo equipamento foi apresentado ao público, esta terça-feira, na feira comercial InnoTrans, em Berlim.

As novas carruagens dos Caminhos-de-Ferro Luxemburgueses (CFL) foram desvendadas, esta terça-feira, por ocasião da InnoTrans, uma feira focada nas inovações no campo da tecnologia dos transportes que acontece anualmente e que está a decorrer até sexta-feira em Berlim, na Alemanha.


Assim ficará a nova ponte ferroviária suspensa da futura ligação Luxemburgo-Bettembourg.
Luxemburgo vai ter uma das maiores pontes ferroviárias suspensas da Europa
A ponte em arco suspensa sobre a A3, junto à área de serviço de Berchem, servirá a nova linha de comboio entre Howald e Bettembourg.

"Com estes novos vagões, a CFL vai estabelecer um novo padrão para as viagens ferroviárias no Luxemburgo", afiança o CEO da empresa, citado em comunicado enviado às redações. Segundo Marc Wengler, o novo material vai permitir "aumentar significativamente" o número de lugares nos comboios, "um critério de conforto e qualidade considerado particularmente importante" pelos passageiros.

Concretamente, as 34 carruagens, encomendadas em dezembro de 2018, estarão equipadas com Wi-Fi, iluminação LED, tomadas USB-A, USB-B e 230V/AC. 

Além disso, está prevista a instalação de um sistema automático que dará informações em tempo real sobre a taxa de ocupação do comboio em causa e que permitirá, assim, "adaptar pontualmente a composição dos comboios se forem identificadas necessidades suplementares no número de lugares".

Novo sistema permitirá "utilização eficiente dos recursos"

Por outro lado, o funcionamento dos comboios será efetuado com base na tecnologia ATO (Automated Train Operation), que possibilitará uma "utilização mais eficiente dos recursos" durante as viagens. Assim, algumas funções serão automatizadas, o que levará, por exemplo, a que haja "uma adaptação automática da velocidade" com base na informação obtida em tempo real sobre o estado do tráfego ferroviário em determinado percurso.

A transportadora ferroviária luxemburguesa revelou que "o primeiro vagão elétrico da série será colocado em serviço no verão de 2023". Contudo, numa primeira fase, "os clientes da Linha do Norte serão os únicos a beneficiar de um exemplar deste novo equipamento". A CFL refere, ainda, que as novas carruagens "se destinam também a viagens transfronteiriças para a Bélgica (Athus, Arlon) e França (Longwy)".

Nos últimos meses, foram realizados diversos testes com o novo equipamento em França, Espanha, Alemanha e na República Checa. Um dos vagões está em Betrix, na Bélgica, desde junho de 2022, para a realização de "ensaios que permitam a sua aprovação para utilização na rede ferroviária belga". 

Já os testes para funcionamento na ferrovia luxemburguesa deverão decorrer "nos próximos meses", informa a CFL.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A assessoria dos Caminhos de Ferro disse ao Contacto que é prematuro avançar com a possibilidade dos novos comboios possuírem condução autónoma e circularem sem condutor. Ainda há muita investigação a fazer. Para o CEO da Alstom Benelux esta condução permite uma maior pontualidade.