Escolha as suas informações

Vai viajar para o Luxemburgo? Resultados negativos em português passam a ser aceites
Luxemburgo 2 min. 01.03.2021 Do nosso arquivo online

Vai viajar para o Luxemburgo? Resultados negativos em português passam a ser aceites

Vai viajar para o Luxemburgo? Resultados negativos em português passam a ser aceites

Foto: Luxemburger Wort/Anouk Antony
Luxemburgo 2 min. 01.03.2021 Do nosso arquivo online

Vai viajar para o Luxemburgo? Resultados negativos em português passam a ser aceites

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Apresentação de teste negativo da covid-19 a quem viaja de avião para o Grão-Ducado vai continuar em vigor pelo menos até ao fim de março.

A medida deveria expirar no final de fevereiro, mas foi prolongada até ao fim do mês de março. Desde 29 de janeiro que todas as pessoas que chegam ao Luxemburgo de avião têm de apresentar um teste negativo à covid-19 (PCR ou rápido) feito nas 72 horas anteriores ao embarque. A medida foi prolongada e, agora, o Grão-Ducado também aceita o teste noutras línguas, incluindo o português. 

Contactado pela Rádio Latina, o Ministério da Saúde salienta que o diretor- geral da Saúde emitiu esta segunda-feira uma nova circular sobre as medidas a respeitar por quem chega ao país por via aérea. Uma das alterações diz assim respeito à obrigatoriedade de um teste negativo antes do embarque, que, segundo estas informações, continuará em vigor até ao próximo dia 31 de março.  

A tradução para outras línguas que não as quatro inicialmente estabelecidas foi, aliás, defendida recentemente pela Luxair, de forma a evitar problemas no embarque. Outra das novidades nas instruções da tutela dadas esta segunda prende-se com as línguas nas quais o teste têm de estar disponível para que o passageiro possa embarcar. Até agora eram aceites apenas os testes traduzidos para uma das três línguas oficiais do país (luxemburguês, francês, alemã) ou para inglês, mas a partir de hoje os resultados podem estar redigidos em mais três línguas: português, italiano e espanhol.


Quem tem de apresentar teste negativo para entrar no Luxemburgo de avião? Saiba as exceções
Crianças até aos 6 anos estão isentas do teste, mas há mais exceções.

A exigência de um teste negativo à covid-19 é válida para todos os passageiros que aterram no Findel, incluindo crianças a partir dos 6 anos de idade, independentemente da nacionalidade ou país de residência. Os passageiros que façam viagens com duração inferior a três dias (72 horas) num dos países do espaço Schengen não têm de apresentar o documento. As pessoas infetadas pelo SARS-CoV-2 nos três meses anteriores à partida e que não tenham sintomas também estão incluídas na lista de exceções. 

No caso dos passageiros que viajem de fora do espaço Schengen, é-lhes exigido o teste negativo antes do embarque, assim como um teste rápido nas instalações do aeroporto do Findel. Em caso de recusa, os passageiros terão de cumprir um período de quarentena de 14 dias.  

(Susy Martins, jornalista da Rádio Latina) 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas