Escolha as suas informações

Vai passar as férias de carnaval a Portugal? Saiba o que é preciso mostrar à chegada
Luxemburgo 2 min. 11.02.2021 Do nosso arquivo online

Vai passar as férias de carnaval a Portugal? Saiba o que é preciso mostrar à chegada

Vai passar as férias de carnaval a Portugal? Saiba o que é preciso mostrar à chegada

Foto: Boris Roessler/dpa
Luxemburgo 2 min. 11.02.2021 Do nosso arquivo online

Vai passar as férias de carnaval a Portugal? Saiba o que é preciso mostrar à chegada

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
Apesar de Portugal estar em confinamento geral, muitos portugueses no Luxemburgo vão passar estas férias a Portugal. Mas não pode viajar de automóvel porque as fronteiras terrestres portuguesas estão fechadas até 1 de março.

 Notícia atualizada com nova informação da Embaixada Portugal no Luxemburgo

Nem a pandemia da covid-19, nem o facto de Portugal estar em confinamento geral por causa das infeções, hospitalizações e óbitos ainda elevados, tira a vontade dos imigrantes portugueses no Luxemburgo irem passar as férias de Carnaval a Portugal.

“Muitas pessoas escolhem Portugal para férias de Carnaval, por razões familiares ou pessoais ou para momentos de descontração e fuga”, declarou ao Contacto a assessoria da Luxair confirmando que os imigrantes portugueses estão de partida para Portugal.

Como é obrigatório mostrar à chegada a Portugal um teste PCR negativo para a infeção da covid-19, realizado até 72 horas antes, os portugueses têm corrido para os médicos de família a solicitar a receita para realizar o teste de rastreio.

Na tarde de terça-feira na sala de espera de um médico de família do Grão-Ducado “estavam, pelo menos, uma dezena de portugueses à espera de receber a receita médica para poder fazer teste PCR e ir este fim-de-semana a Portugal e isso foi nos 20 minutos que lá estive”, conta ao Contacto uma paciente que aguardava por uma consulta naquele especialista.


Covid-19. Teste negativo para entrar no Luxemburgo tem de estar traduzido
O teste negativo tem de estar traduzido para uma das línguas oficiais do país ou para inglês. Mas quem pode ou deve fazer essa tradução?

Viagem área. O que é preciso ter para entrar em Portugal

Os viajantes com mais de 24 meses de idade provenientes do Luxemburgo com destino a Portugal deverão ser portadores de teste PCR ao Covid-19, com resultado negativo, realizado nas 72 horas anteriores à partida”, lê-se no site da Embaixada de Portugal no Luxemburgo.

E no regresso por via aérea ao Luxemburgo? “ A partir de 29 de janeiro todos os viajantes por via aérea com destino ao Luxemburgo com mais de 6 anos de idade deverão ser portadores de teste PCR ao Covid-19, com resultado negativo, realizado nas 72 horas anteriores à partida, podendo ser submetidos a testes adicionais à chegada se provenientes de fora do espaço Schengen. O relatório do teste tem obrigatoriamente que estar escrito em inglês, francês, alemão ou luxemburguês.

Viagem de carro não é possível

Até 1 de março as fronteiras terrestres portuguesas estão fechadas, existindo controlos fronteiriços entre Portugal e Espanha, pelo que as viagens de automóvel entre Luxemburgo e Portugal não estão aconselhadas. As férias de carnaval não são uma razão válida para entrar ou sair de Portugal para Espanha por via terrestre.


Reino Unido. Quem mentir sobre viagens a destinos como Portugal arrisca 10 anos de prisão
Medida é justificada com o agravamento da pandemia e as novas variantes, mas está a causar polémica por ser superior a penas de crimes violentos e de abuso sexual de menores.

Segundo um despacho publicado na terça-feira pelo governo espanhol, e acordado com Portugal, até ao dia 1 de março, apenas os cidadãos residentes em território espanhol, os trabalhadores transfronteiriços e outros casos excecionais podem entrar em Espanha, a partir de Portugal. O mesmo acontece em sentido contrário.

A ministra dos negócios estrangeiros espanhola, Arancha González Laya declarou numa conferência de imprensa na semana passada que esta “limitação foi acordada entre os dois países”, da mobilidade das pessoas dos dois lados da fronteira.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Na semana passada revelei aqui um segredo: que já tinha sido infetado pelo novo coronavírus. Também afirmei que fui buscar o SARS-CoV-2 a Portugal.