Escolha as suas informações

Vaga de calor. As temperaturas vão passar os 38 graus, o que fazer para proteger a saúde
Luxemburgo 2 min. 24.06.2019

Vaga de calor. As temperaturas vão passar os 38 graus, o que fazer para proteger a saúde

Vaga de calor. As temperaturas vão passar os 38 graus, o que fazer para proteger a saúde

Foto: AFP
Luxemburgo 2 min. 24.06.2019

Vaga de calor. As temperaturas vão passar os 38 graus, o que fazer para proteger a saúde

Susy MARTINS
Susy MARTINS
A vaga de calor chegou ao Luxemburgo e pode afetar a saúde dos mais frágeis e dificultar a vida da população em geral.

O Ministério da Saúde publicou esta segunda-feira alguns conselhos para suportar melhor o calor que vai assolar o país nos próximos dias, com temperaturas que puderão atingir os 38 graus.

A primeira recomendação vai para as pessoas idosas ou doentes que vivem sózinhas. Caso conheça uma pessoa nessa situação, tente visita-la pelo menos uma vez por dia e fique atento se bebe pelo menos 1,5 litro de água.

Uma recomendação que também vale para toda a população: beber muita água e evitar o consumo de álcool para não desidratar.

O Ministério da Saúde emitiu ainda vários conselhos:

Para além do álcool, evite beber café e chá. As bebidas ricas em açúcar ou cafeína têm efeito diurético.

Coma normalmente. Se não tiver fome, reparta as refeições. Coma todos os dias frutas e legumes para recarregar o corpo em minerais.

Evite sair à rua durante as horas mais quentes. Mantenha-se dentro de casa nas divisões mais frescas.

Se tiver mesmo que sair, mantenha-se à sombra e cubra a cabeça.

Se a sua casa se tornar demasiado quente, tente passar pelo menos duas a três horas por dia num local fresco ou com ar condicionado (supermercado, cinema)

Use roupas de cor clara, leves e que não sejam apertadas, de preferência de algodão ou linho.

Evite o esforço físico intenso e atividades desportivas durante as horas de maior calor.  

Feche as persianas, cortinas e estores das janelas exposta ao sol

Mantenha as portas exteriores e janelas fechadas quando a temperatura exterior for superior à temperatura interior. Aproveite as temperaturas mais frescas ao entardecer, à noite ou de manhã para ventilar a sua casa.

Tome duches ou banhos refrescantes durante o dia

Sinais de alerta

O calor faz perder muita água e sais minerais. Se essas perdas não forem compensadas corretamente, correm-se riscos. Tenha atenção aos primeiros sinais de alerta como:

Cãibras a nível dos membros superiores e inferiores e do abdómen;

vertigens, tonturas, fraqueza, insónia não habitual.

Caso sinta esses sintomas: cesse todas as atividades, mantenha-se num lugar fresco e beba água.

Plano de assistência do Governo às pessoas mais frágeis

O Ministério da Saúde ativou o plano nacional de prevenção de situações de canícula - calor muito intenso - e já foram abertas as inscrições. O "plano canícula" destina-se a idosos isolados, com mais de 75 anos de idade - exceto os que beneficiam do seguro-dependência – para impedir casos de desidratação, sob o calor extremo.

Mais informações no site www.sante.lu ou pelo tel.: 247-85650 (Inspeção Sanitária da Direção da Saúde).

Prevê-se alerta laranja para os próximos dias, com temperaturas que poderão atingir os 38°C.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas