Escolha as suas informações

Uma em cada quatro crianças no Luxemburgo em risco de pobreza
Luxemburgo 29.04.2017 Do nosso arquivo online
Campanha "Ser um super-herói"

Uma em cada quatro crianças no Luxemburgo em risco de pobreza

Campanha "Ser um super-herói"

Uma em cada quatro crianças no Luxemburgo em risco de pobreza

Foto: campanha Cáritas Luxemburgo
Luxemburgo 29.04.2017 Do nosso arquivo online
Campanha "Ser um super-herói"

Uma em cada quatro crianças no Luxemburgo em risco de pobreza

Um quarto das crianças que vivem no Luxemburgo estão em risco de pobreza, de acordo com a Cáritas Luxemburgo.

Um quarto das crianças que vivem no Luxemburgo estão em risco de pobreza, de acordo com a Cáritas Luxemburgo. 

A instituição centra-se na inclusão social das crianças e lançou a sua campanha anual, que decorrerá durante todo o mês de maio, a favor de crianças desfavorecidas no país. 

Um porta-voz da Cáritas revela que "embora seja difícil acreditar que num país tão rico como o Luxemburgo haja cada vez mais crianças em necessidade, contratempos na vida, como pais divorciados, desemprego, dificuldades para encontrar uma habitação digna, dívidas e álcool" estão entre os fatores que contribuem para esta realidade. 

"Uma em cada quatro crianças corre o risco de se tornar pobre e ficar na pobreza, mergulhando num círculo vicioso de pressão social, abandonando a escola e ficando desempregada", revelou. 

A campanha que a instituição está a organizar decorrerá ao longo do próximo mês sob o lema "Ser um super-herói" e as pessoas são convidadas a organizar eventos de angariação de fundos para ajudar a apoiar as crianças necessitadas no Luxemburgo.

O dinheiro arrecadado irá financiar projetos que ajudam crianças e jovens. Alguns dos projetos da Cáritas Luxemburgo incluem manter as crianças no sistema educativo, ajudar as famílias no seu papel de educar as crianças e contribuir para a união das famílias. 

Os fundos também se destinam a assegurar a sua linha telefónica anónima, a promover acampamentos de verão, entre outros apoios educativos. 

Mais informações estão disponíveis através do website da Cáritas Luxemburgo.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A pandemia trouxe o desemprego e o desespero de não ter dinheiro para alimentar os filhos. Nunca houve tantos casos, entre eles famílias que sempre “viveram decentemente” no país. O testemunho de quem teve de regressar a Portugal e o relato de quem está no terreno a ajudar estes imigrantes.
Os trabalhadores portugueses no Luxemburgo são os mais expostos ao risco de pobreza. Segundo um relatório do Statec divulgado na semana passada, no ano passado 22,1% dos imigrantes portugueses viviam com menos de 1.665 euros por mês, considerado o limiar da pobreza, num país em que as rendas podem ultrapassar os mil euros. À Caritas chegam todos os dias portugueses em desespero.