Escolha as suas informações

Uma das vítimas mortais do acidente na A6 é portuguesa
Luxemburgo 07.01.2020 Do nosso arquivo online

Uma das vítimas mortais do acidente na A6 é portuguesa

Uma das vítimas mortais do acidente na A6 é portuguesa

Police
Luxemburgo 07.01.2020 Do nosso arquivo online

Uma das vítimas mortais do acidente na A6 é portuguesa

Teresa CAMARÃO
Teresa CAMARÃO
A emigrante portuguesa de 33 anos, natural do Marco de Canaveses, morreu esta segunda-feira num aparatoso acidente em cadeia na A6, em Strassen.

Nem a polícia luxemburguesa nem os bombeiros que estiveram envolvidos nas operações desencadeadas pelo acidente em cadeia que aconteceu na noite desta segunda-feira na autoestrada A6, confirmam a identidade nem a nacionalidade das duas vítimas mortais. Ainda assim, a imprensa portuguesa avança que uma das duas mulheres é portuguesa. 

A emigrante de 33 anos viveria no Luxemburgo desde o ano passado. Ana Ferrás era natural da União de Freguesias da Várzea, Aliviada e Folhada, no concelho de Marco de Canaveses. Segundo o Jornal de Notícias, trabalhava na área financeira de uma empresa sediada no Grão-Ducado. 

Do acidente que aconteceu por volta das 19 horas resultou outra vítima mortal. A mulher, natural do Montenegro, estaria grávida. Quer a portuguesa, quer a montenegrina seguiam ao volante dos respetivos carros que foram esmagados pelos camiões envolvidos no aparatoso choque em cadeia, na comuna de Strassen. 

Do acidente resultou ainda um ferido. Entretanto, o Ministério Público do Luxemburgo abriu uma investigação para apurar as circunstâncias em que se deu o sinistro. Ordenou ainda a realização das autópsias aos corpos que, em comunicado, as autoridades luxemburguesas confirmam tratar-se de "duas mulheres". O procedimento legal pretende averiguar as reais causas da morte, assim como chegar à identidade das vítimas. 

Na mesma nota, a polícia acrescenta, sem especificar a identidade, que um dos condutores foi "detido". É suspeito de ter provocado o acidente. Também ele ficou ferido.   

Segundo os relatos iniciais divulgados pela imprensa nacional, ao chegar àquele troço da autoestrada, um dos três camionistas implicados na colisão não conseguiu travar a tempo e embateu contra os veículos que estavam presos no trânsito que se ali se acumulou devido a um acidente anterior em Bertrange.  


Notícias relacionadas