Escolha as suas informações

Uma centena de grafitis ilegais em Ettelbruck. Apelo a testemunhas
Luxemburgo 11.08.2022
Polícia

Uma centena de grafitis ilegais em Ettelbruck. Apelo a testemunhas

Há várias semanas que grafitis com o número ‘90’ se multiplicam “como cogumelos” , diz autarquia.
Polícia

Uma centena de grafitis ilegais em Ettelbruck. Apelo a testemunhas

Há várias semanas que grafitis com o número ‘90’ se multiplicam “como cogumelos” , diz autarquia.
Foto: Stadt Ettelbrück
Luxemburgo 11.08.2022
Polícia

Uma centena de grafitis ilegais em Ettelbruck. Apelo a testemunhas

Diana ALVES
Diana ALVES
Os autores arriscam-se a penas de oito dias a um ano de prisão e multas de 251 a 5.000 euros quando em causa estão, por exemplo, locais comemorativos, túmulos, monumentos ou estátuas.

A autarquia de Ettelbruck fez um apelo a testemunhas para tentar apurar quem são os autores de uma série de grafitis ilegais que têm surgido em vários locais públicos da cidade. A comuna do norte já apresentou queixa à polícia.

Numa publicação na sua conta na rede social Facebook, a autarquia escreve que há várias semanas que grafitis com o número ‘90’ se multiplicam “como cogumelos” no território da cidade de Ettelbruck. “Até agora, os funcionários municipais registaram 95 infrações”, acrescenta.

A comuna lança um apelo a eventuais testemunhas para que entrem em contacto com a esquadra da polícia de Ettelbruck através do número de telefone 24484-1000. A autarquia lembra que o código penal luxemburguês estipula sanções para estas infrações.

No seu site, a polícia grã-ducal informa que o grafiti pode constituir uma forma de vandalismo quando é feito num determinado local sem a autorização do proprietário.

Os autores arriscam-se a penas de oito dias a um ano de prisão e multas de 251 a 5.000 euros quando em causa estão, por exemplo, locais comemorativos, túmulos, monumentos ou estátuas. As penas agravam-se quando se trata da deterioração ou destruição voluntária de bens imobiliários de terceiros. Nestes casos, as penas podem variar entre um mês e três anos de prisão e/ou multas entre 251 e 10.000 euros. 

Se o ato de vandalismo envolver violência ou ameaças, o infrator incorre em penas de três meses a cinco anos de prisão e/ou coimas de 500 a 25.000 euros.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.