Escolha as suas informações

Trabalhadores da ArcelorMittal poderão ter de esperar até saberem o seu futuro
Luxemburgo 18.09.2020

Trabalhadores da ArcelorMittal poderão ter de esperar até saberem o seu futuro

Trabalhadores da ArcelorMittal poderão ter de esperar até saberem o seu futuro

AFP
Luxemburgo 18.09.2020

Trabalhadores da ArcelorMittal poderão ter de esperar até saberem o seu futuro

Diana ALVES
Diana ALVES
Os trabalhadores da ArcelorMittal visados pela anunciada eliminação de postos de trabalho poderão ter de esperar algum tempo até saberem o seu futuro. Em entrevista ao Paperjam, o diretor da ArcelorMittal Luxemburgo admitiu que é impossível dizer ao certo quanto tempo o processo vai demorar.

Questionado sobre se a empresa fixou um prazo para esta fase de reestruturação, o responsável sublinha que é necessário que o processo com os parceiros sociais e o Governo avance o mais rapidamente possível, mas diz que é “ilusório” definir prazos.


ArcelorMittal explica porque é que a empresa vai despedir e contratar ao mesmo tempo
Dias depois do grupo anunciar a eliminação de mais de 570 postos de trabalho no Luxemburgo, o ministro do Trabalho revelou que o gigante mundial do aço prevê, também, a contratação de 123 pessoas.

A notícia da supressão de empregos no seio de um dos maiores empregadores do país fez reagir Governo e sindicatos, que já apelaram à empresa para que respeite o modelo social luxemburguês. 

Isto é, que privilegie medidas sociais como as pré-reformas e a reconversão profissional, de forma a evitar despedimentos puros e duros.Segundo dados tornados públicos pelo ministro do Trabalho, Dan Kersch, mais de metade dos 570 trabalhadores visados serão abrangidos pelo regime de reforma antecipada. 

Mas a outra metade continua com futuro incerto e a questão que se coloca é: quem compõe a outra metade?

Para já, sabe-se apenas que a reorganização vai afetar todos os serviços da empresa.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas