Escolha as suas informações

Tolerância zero. Polícia não quer carros estacionados em lugares marcados
Luxemburgo 03.12.2019

Tolerância zero. Polícia não quer carros estacionados em lugares marcados

Tolerância zero. Polícia não quer carros estacionados em lugares marcados

Guy Jallay
Luxemburgo 03.12.2019

Tolerância zero. Polícia não quer carros estacionados em lugares marcados

Entre esta terça e quarta-feira, as autoridades vão reforçar a vigilância. Não estacione, mesmo, em lugares reservados a pessoas com deficiência, táxis ou transporte escolar.

Entre hoje e amanhã, as autoridades luxemburguesas vão estar especialmente atentas aos estacionamentos irregulares ou proibidos. Lamentam que as regras não sejam cumpridas. 

Numa declaração emitida esta segunda-feira dizem que "as disposições de estacionamento e paragem não são respeitas". A ordem é aumentar a fiscalização entre 3 e 4 de dezembro. 

Além dos locais reservados a veículos de entrega, lugares para pessoas com problemas de mobilidade e táxis, as autoridades vão estar particularmente atentas aos portões das escolas. 

Explicam que os veículos mal estacionados, muitos em cima do passeio, impedem "a segurança das viagens a pé, em cadeira de rodas ou carrinho de bebé". 

Desde maio de 2016 que a infração custa 145 euros aos automobilistas. O L'Essentiel diz que desde então, mais de quatro mil pessoas foram multadas por estacionamento irregular em lugares para pessoas com deficiência.  


Notícias relacionadas