Escolha as suas informações

Todos os segredos dos novos veículos do Samu

Todos os segredos dos novos veículos do Samu

Todos os segredos dos novos veículos do Samu

Todos os segredos dos novos veículos do Samu


por Pierre SCHOLTES/ 14.08.2020

Foto: Luc Deflorenne

Fotogaleria: Os novos veículos de emergência contam com a mais recente tecnologia de salvamento. Uma visão geral.

Desde meados da década de 1980, as ambulâncias do Samu apoiam as equipas de salvamento nas mais variadas operações, sobretudo as mais complicadas. Os veículos circulam cerca de 8.000 vezes por ano, nas condições mais adversas para os operacionais e materiais. 

É por isso que os veículos de emergência médica são renovados a cada cinco anos. A mudança de frota também se deve à tecnologia de resgate que se desenvolve a uma velocidade vertiginosa. 

Cada um destes automóveis custa cerca de 220 mil euros e o Samu encomendou um total de 10 veículos.

A Base

Fotos: Luc Deflorenne

Os novos veículos são muito semelhantes aos anteriores. A razão é simples: são da mesma marca: um Mercedes GLE 350d . Os dez veículos são equipados com motor diesel de seis cilindros, com 200 kW. Os carros também têm tração às quatro rodas.

A forma do seu sinal foi feita de acordo com as especificações do CGDIS para ser imediatamente reconhecível sob todas as condições de visibilidade. O veículo pode ser alimentado por uma ligação de 230 V embutida na carroceria. Além de uma bateria de automóvel convencional este automóvel  possui ainda uma bateria de íons de lítio que protege o equipamento de emergência médica contra descargas. 

A iluminação

Além das luzes LED integradas na frente do radiador, pequenos indicadores LED também estão embutidos na dianteira. Em conjunto com a faixa de luz no telhado vai gerar uma luz azul de 360 ​​graus, o que significa que este automóvel pode ser visto claramente de qualquer posição, especialmente ao passar num cruzamento.  

A comunicação

 Todos os veículos estão equipados com a mais recente tecnologia de comunicação. Tal como a polícia, o CGDIS também está ligado à Renita, a nova rede nacional integrada de rádio digital dos serviços de segurança e socorro.  

Um módulo de comunicação Lardis One é instalado em todos os veículos Samu permitindo assim que os dados GPS do próximo local de atuação sejam transferidos diretamente para estes automóveis via rádio a partir da central de atendimento de emergência.   

O motorista também tem acesso a até um máximo de nove relatórios de incidentes resolvidos previamente. 

A mochila

O primeiro objeto a ser retirado do veículo pelo médico de emergência quando chega ao local do acidente é esta mochila. Além de curativos e seringas, a mochila contém os medicamentos mais importantes no atendimento de emergência.  

Cilindro de oxigénio e geleira 

 Cada um destes transportes do Samu está equipado com dois cilindros de oxigénio e uma geleira médica.   

Physio Control LP 15 

 Este aparelho é atualmente a referência em atendimento de emergência médica. O dispositivo mede, entre outras coisas, o pulso e a saturação de oxigénio do ar respirável. Na sua versão mais recente, um ECG de 12 derivações pode ser criado diretamente no local. Também pode ser usado como desfibrilador e estimulador cardíaco externo.

LUCAS 3 

Trata-se de um sistema portátil de compressão do tórax para suporte mecânico durante a reanimação cardiopulmonar. O dispositivo é colocado em torno do tórax do paciente e funciona de forma independente. É necessário quando a reanimação necessita de ser feita por um longo período de tempo.  

Oxylog 3000 Plus

Um ventilador portátil. Como na unidade de terapia intensiva, os pacientes podem ser ventilados através de intubação ou de uma máscara. O anestesista pode definir todos os parâmetros conforme necessário.   

Perfusor Agilia FR

 Estas bombas de seringa ou de perfusão são utilizadas para administrar medicamentos no paciente por um determinado período de tempo. A dose e o momento da administração são ajustados pelo médico de emergência médica.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.