Escolha as suas informações

Testes rápidos começam a ser distribuídos esta segunda-feira na Horeca
Luxemburgo 10.05.2021

Testes rápidos começam a ser distribuídos esta segunda-feira na Horeca

Testes rápidos começam a ser distribuídos esta segunda-feira na Horeca

Foto: Guy Jallay/Luxemburger Wort
Luxemburgo 10.05.2021

Testes rápidos começam a ser distribuídos esta segunda-feira na Horeca

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Testes serão obrigatórios apenas para quem quer sentar-se no interior dos estabelecimentos. Quem optar pela esplanada fica dispensado desta obrigação.

Com a abertura prevista dos restaurantes e cafés a partir do próximo domingo (16 de maio), os primeiros kits de testes de antigénio começam a ser distribuídos ao setor da Horeca já esta segunda-feira. A distribuição será uma ação concertada entre o Governo, a Câmara do Comércio e a Federação Nacional dos proprietários de Hotéis, Restaurantes e Cafés do Grão-Ducado (Horesca) e deverá ficar concluída na quarta-feira.

No anúncio da reabertura dos espaços interiores da restauração, o Executivo assegurou a distribuição de cerca de 500.000 testes ao setor numa primeira fase. De acordo com as novas regras os estabelecimentos poderão estar abertos até às 22h com um máximo de quatro pessoas por mesa, com o devido distanciamento entre as mesas, e haverá testes à covid-19 obrigatórios para quem quer sentar-se no interior e também para os trabalhadores dos estabelecimentos.

Numa fase posterior e quando acabarem os testes fornecidos pelo Governo,  caberá às empresas comprarem os autotestes de antigénio, sendo que há já uma lista com os testes recomendados pelo Governo. 


Que tipo de testes são obrigatórios para ir jantar fora?
Cafés e restaurantes vão poder reabrir os espaços interiores a partir de 16 de maio, mas nestes casos, quem quiser sentar-se no interior terá de apresentar um teste negativo à covid-19.

Os testes serão obrigatórios apenas para quem quer sentar-se no interior dos estabelecimentos, sendo que há três formas de testes possíveis. 

As pessoas que fazem o teste à covid-19 no interior do estabelecimento deverão manter a máscara de proteção até à obtenção do resultado. Caso o resultado seja positivo, a pessoa deverá abandonar o local e colocar-se imediatamente em auto-isolamento.

A reabertura em pleno das restauração é uma das medidas que foram aligeiradas face à covid-19. O plano inclui ainda novas regras nas escolas e mexidas no horário do recolher obrigatório e nos ajuntamentos privados e públicos.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A falta de clareza do Governo sobre a realização obrigatória dos testes rápidos anti-covid para entrar no interior dos restaurantes está a gerar o caos em véspera da abertura das salas, a 16 de maio. E quando acabarem os testes oferecidos ao setor, quem os vai pagar?, questionam ao Contacto proprietários e políticos.