Escolha as suas informações

Testes para quem chega ao Luxemburgo de avião obrigatórios até ao final de junho
Luxemburgo 14.05.2021

Testes para quem chega ao Luxemburgo de avião obrigatórios até ao final de junho

Testes para quem chega ao Luxemburgo de avião obrigatórios até ao final de junho

Foto: Chris Karaba
Luxemburgo 14.05.2021

Testes para quem chega ao Luxemburgo de avião obrigatórios até ao final de junho

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Desde 29 de janeiro que todas as pessoas que chegam ao país de avião têm de apresentar um teste negativo à covid-19 (PCR ou rápido) feito nas 72 horas anteriores ao embarque.

A apresentação do comprovativo de teste negativo à covid-19 para quem viaja de avião para o Grão-Ducado vai continuar em vigor pelo menos até 30 de junho. A medida deveria expirar a 15 de maio, mas foi prolongada por mais mês e meio, devido à evolução do SARS-CoV-2 a nível internacional.

Desde 29 de janeiro que todas as pessoas que chegam ao Luxemburgo de avião têm de apresentar um teste negativo à covid-19 (PCR ou rápido) feito nas 72 horas anteriores ao embarque.

O teste, que é obrigatório a partir dos seis anos de idade, tem de ser apresentado numa das três línguas administrativas do país (alemão, francês e luxemburguês) ou em inglês, espanhol, italiano ou português. Caso contrário deve vir acompanhado de uma tradução.


Laboratório BioneXt prepara caminho para certificado verde digital
A 17 de março deste ano, a União Europeia publicou uma recomendação para implementar, em junho, um certificado verde digital, em todos os Estados-membros, permitindo assim autenticar os resultados dos testes PCR e os certificados de vacinação.

Até 30 de junho foram também prolongadas as medidas para quem chega da Índia ao Luxemburgo quer pela fronteira aérea ou pela terrestre. Todos as pessoas que chegam da Índia têm de fazer o mais rapidamente possível um teste à covid-19 e fazer uma quarentena de sete dias.

A medida está em vigor desde 1 de maio e é obrigatória para todos aqueles que estiveram na Índia 14 dias antes da chegada ao Grão-Ducado, incluindo pessoas que passaram por outro país - depois de terem estado na Índia - antes de viajar para o Luxemburgo.

Estes viajantes deverão ainda fazer um segundo teste à covid, ao sexto dia da sua quarentena. Quem recusar fazer o teste, vê a sua quarentena prolongada por mais sete dias. Todos os viajantes oriundos da Índia estão obrigados a declarar à Inspeção Sanitária a sua chegada ao Luxemburgo.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas