Escolha as suas informações

Task Force teme nova vaga de infeções no Grão-Ducado
Luxemburgo 05.07.2021 Do nosso arquivo online
Covid-19

Task Force teme nova vaga de infeções no Grão-Ducado

Covid-19

Task Force teme nova vaga de infeções no Grão-Ducado

Foto: Anouk Antony
Luxemburgo 05.07.2021 Do nosso arquivo online
Covid-19

Task Force teme nova vaga de infeções no Grão-Ducado

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Variante Delta já domina as infeções por covid-19 no país.

O Luxemburgo registou na semana passada um aumento de novos casos de infeção por covid-19. Uma situação que levou a Task Force a temer uma nova vaga de infeções no país. No último relatório, os cientistas sublinham que só na última semana, os novos casos mais do que triplicaram em relação à semana anterior. 

Segundo a equipa o aumento das interações sociais poderá ser uma das causas deste aumento, causando novos focos de infeção. A isto acresce a variante Delta (vulgarmente conhecida como indiana) que está cada vez mais presente, e já é a mais encontrada no Grão-Ducado. Daí os investigadores temerem "um potencial aumento significativo da epidemia".


Variante Delta já é dominante no Luxemburgo
A variante Delta, vulgarmente conhecida como indiana, está na origem da maioria dos novos contágios no Luxemburgo. Uma propagação galopante.

Para os próximos meses, a Task Force estabelece diferentes cenários. O mais pessimista dá conta de 360 novos casos por dia até setembro, enquanto o cenário mais otimista aponta para 160 casos diários.    

Os especialistas aconselham a manutenção dos gestos barreira, como o distanciamento social e as medidas de higiene. Recomendam também memorizar o nome das pessoas com quem se esteve em contacto. Esforços necessários para voltar a estabilizar a situação pelo menos até que o Grão-Ducado tenha atingido a imunidade de grupo através da vacinação.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas